Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

20 Agosto de 2019 | 12h30 - Actualizado em 20 Agosto de 2019 | 12h30

Alfabetizadores de Mbanza Kongo sem subsídios desde 2015

Mbanza Kongo - Cento e 66 alfabetizadores do município de Mbanza Kongo, província do Zaire, estão sem receber o seus subsídios desde 2015, soube hoje (terça-feira) a Angop.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O facto foi revelado pelo chefe de secção municipal de Alfabetização e Ensino de Adultos, Ngonga Afonso, frisando que desde 2015 que o sector deixou de receber dotações do Ministério da Educação para o pagamento dos subsídios, o que gerou uma dívida de 53 milhões 120 mil kwanzas.

O responsável, que falava à Angop à margem de um seminário de capacitação e refrescamento de 78 alfabetizadores e facilitadores, apontou a actual conjuntura económica do país como motivo do atraso no pagamento dos estímulos financeiros aos alfabetizadores locais.

Informou que no presente ano lectivo, que decorre de Fevereiro a Novembro, o subsistema de ensino de adultos em Mbanza Kongo matriculou seis mil e 59 alfabetizandos, nos três módulos que têm como método “Gostar de Ler e Escrever”, com a duração de oito meses, subdivididos em duas épocas de quatro meses cada.

Um universo de 25 mil e 636 cidadãos adultos foi alfabetizado, de 2014 a 2018, no município de Mbanza Kongo, com base ao método referenciado, dos quais 14 mil e 13 foram do sexo feminino.

A fonte informou que o subsistema de ensino de adultos do município de Mbanza Kongo controla 24 centros de alfabetização, alguns dos quais pertencentes a organizações  parceiras, precisando de mais 60 centros para responder à demanda.

Quanto à acção formativa, a mesma  tem a duração de cinco dias,  durante os quais os 78 alfabetizadores e facilitadores participantes serão munidos de conhecimentos sobre o perfil do alfabetizador e a organização de salas de aulas, metodologia de ensino no processo de alfabetização seus módulos e cartilhas.

Em abordagem estão também temas relacionados com as línguas nacionais no processo de ensino e aprendizagem, o sistema de avaliação por projecto e módulo, sistema de avaliação na língua nacional Kikongo, entre outros.

Técnicos locais orientam a acção formativa.

 

nnnn

Leia também
  • 20/08/2019 11:15:53

    Instituto Nacional de Educação Especial forma técnicos na Lunda Sul

    Saurimo - Trinta e cinco técnicos de educação e gestores escolares participam desde hoje (terça-feira) numa acção formativa sobre a política de educação especial e inclusiva, promovida pelo Instituto Nacional de Educação Especial (INEE).

  • 20/08/2019 04:12:24

    Professores do magistério Mwene Vunongue em capacitação

    Menongue - Mais de 80 professores do magistério Mwene Vunongue, no Cuando Cubango, participam desde segunda-feira, numa formação pedagógica que visa aperfeiçoar, cada vez mais, os docentes em matérias viradas para a melhoria do processo de ensino.

  • 19/08/2019 17:05:17

    Sinprof capacita filiados sobre administração de conflitos

    Sumbe - Vinte líderes do Sindicato Nacional de Professores (Sinprof) da província do Cuanza Sul são capacitados desde hoje, segunda-feira, na cidade do Sumbe, sobre técnicas de administração de conflitos e habilidades de negociação em contendas.