Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

21 Agosto de 2019 | 20h37 - Actualizado em 21 Agosto de 2019 | 20h37

Governo do Uíge adopta estratégias para melhorar ensino especial

Uíge - O Governo Provincial do Uíge vai adoptar, nos próximos tempos, novas estratégias para melhorar a qualidade do ensino especial na região e inserir o maior número de crianças portadoras de deficiência neste sistema académico.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Essa afirmação foi feita hoje, quarta-feira, pelo governador provincial do Uíge, Pinda Simão, quando intervinha na cerimónia de abertura de um workshop sobre “Educação Especial”, tendo referido que uma das medidas passa por enquadrar mais professores especializados neste ramo do ensino.

Fez saber que o Gabinete Provincial da Educação do Uíge vai ainda prestar mais atenção na capacitação de professores para o ensino especial e de outros agentes ligados a este ramo.
Reconheceu que os 87 docentes do ensino especial, que leccionam em escolas da província do Uíge, são insuficientes para satisfazer a demanda.

Apelou, por outro lado, às famílias e outros membros da comunidade a ganharem consciência de colocar as crianças portadoras de deficiência em escolas do ensino especial, para estarem inseridas na sociedade e no futuro ajudarem no processo de desenvolvimento do país.

Estão matriculados nas escolas do ensino especial da província do Uíge 1.510 alunos.

Participaram do encontro administradores municipais, gestores escolares, membros da sociedade civil, professores e encarregados de educação, que abordaram temas como “Convenção sobre pessoas com deficiência e os direitos humanos” e “Lei de acessibilidade e de bases do sistema de ensino”.

“Estratégia de implementação da Política Nacional de Educação Especial”, “Inclusão escolar” e “Estatuto da modalidade de educação especial inclusiva”, foram outras das temáticas em análise no encontro.

Leia também
  • 21/08/2019 16:56:48

    Zaire: Responsável denuncia colégios ilegais

    Mbanza Kongo - O director da Educação no município de Mbanza Kongo, província do Zaire, Garcia Moniz Ramos, denunciou nesta terça-feira, a proliferação de colégios privados ilegais na região que se fazem passar por centros de alfabetização.

  • 21/08/2019 04:23:33

    Lunda Sul ganha mais 69 novos licenciados

    Saurimo - O Instituto Superior Politécnico Lusíada da Lunda Sul (ISPLLS) colocou a disposição do mercado de trabalho terça-feira, 69 novos tecnicos superiores outorgados com diplomas de licenciatura em várias áreas.

  • 20/08/2019 12:30:27

    Alfabetizadores de Mbanza Kongo sem subsídios desde 2015

    Mbanza Kongo - Cento e 66 alfabetizadores do município de Mbanza Kongo, província do Zaire, estão sem receber o seus subsídios desde 2015, soube hoje (terça-feira) a Angop.