Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

24 Agosto de 2019 | 18h45 - Actualizado em 24 Agosto de 2019 | 18h45

Zaire: Sector privado deve absorver quadros recém-formados

Soyo - O governador da província do Zaire, Pedro Makita Armando Júlia, pediu neste sábado, no Soyo, ao sector empresarial privado a alargar a sua cadeia de negócios para proporcionar mais postos de trabalho aos quadros recém-formados.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Zaire: Pedro Makita Armando Júlia, Governador Provincial

Foto: Pedro Muniz Vidal

Ao discursar na cerimónia de outorga de diplomas a 200 novos licenciados da Escola Superior Politécnica do Soyo, o governador, disse que o alargamento da base de negócios contribuirá na geração de mais empregos, bem como impulsionará o crescimento da região.

Pedro Makita Júlia manifestou-se preocupado pelo número de estudantes de nível médio e superior que anualmente termina a formação académica e sem oportunidade de se inserir no mercado de trabalho.

Encorajou o sector privado, a explorar as potencialidades que a província do Zaire detém, sobretudo nos sectores da agricultura, pescas e mineiro com vista a criar mais postos de trabalho para a juventude local.

Para o governador, só com investimento sério do sector privado possibilitará minimizar o desemprego, uma vez que, as vagas que o Estado tem proporcionado, através de concursos públicos são insuficientes para absorver os quadros formados em diferentes instituições de ensino.

Leia também
  • 23/08/2019 10:43:07

    Província do Zaire necessita de duas mil novas salas de aula

    Mbanza Kongo - A província do Zaire necessita de duas mil novas salas de aula para atender a demanda existente no subsistema de ensino geral, revelou nesta sexta-feira, em Mbanza Kongo, o chefe de gabinete provincial da Educação, José Luís Amélia.

  • 21/08/2019 16:56:48

    Zaire: Responsável denuncia colégios ilegais

    Mbanza Kongo - O director da Educação no município de Mbanza Kongo, província do Zaire, Garcia Moniz Ramos, denunciou nesta terça-feira, a proliferação de colégios privados ilegais na região que se fazem passar por centros de alfabetização.

  • 20/08/2019 12:30:27

    Alfabetizadores de Mbanza Kongo sem subsídios desde 2015

    Mbanza Kongo - Cento e 66 alfabetizadores do município de Mbanza Kongo, província do Zaire, estão sem receber o seus subsídios desde 2015, soube hoje (terça-feira) a Angop.