Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

12 Setembro de 2019 | 15h34 - Actualizado em 12 Setembro de 2019 | 15h34

Bengo aposta na erradicação do analfabetismo

Caxito - O Programa de Alfabetização na província do Bengo pretende declarar livre do analfabetismo 16 localidades nos municípios do Bula Atumba, Dande , Dembos, Pango Aluquém , Nambuangongo e Ambriz.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à Angop no âmbito das celebrações do Dia Internacional da Alfabetização (8 de Setembro), o coordenador do Programa de Alfabetização e Aceleração Escolar, Francisco Firmino, disse que, para o sucesso do programa, pretende-se concentrar a maioria dos alfabetizadores nas zonas diagnosticados, criar e revitalizar os centros de alfabetização em igrejas e contar com a ajuda dos voluntários.

Francisco Firmino avançou que o plano estratégico para declarar algumas localidades da província do Bengo livres do analfabetismo exige de todos os actores sociais um forte engajamento, empenho e dedicação.

Apontou a falta de pagamento de 935 alfabetizadores e facilitadores em toda a província do Bengo desde 2016, como um dos constrangimentos.

No entanto, o director nacional de ensino de adultos, Evaristo Pedro, anunciou hoje que os subsídios dos alfabetizadores em atraso do ano 2015 estão já disponibilizados nos Gabinetes Províncias da Educação.

No presente ano lectivo foram matriculados 12 mil 882 cidadãos para as aulas de alfabetização na província do Bengo, em dois métodos “Sim Eu Posso” e “Aldeia Global”, mas 1.839 desistiram.

Este número representa uma redução de 2.466 alfabetizandos comparativamente ao ano lectivo anterior.

Desde 2008 foram alfabetizados, por intermédio dos programas "Gostar de Ler e Escrever" e "Sim Eu Posso", 53 mil 627 cidadãos na província do Bengo.

O Programa de Alfabetização e Aceleração Escolar (PAAE) é assegurado por 300 alfabetizadores, com colaboração da Escola Superior Pedagógica do Bengo e outros parceiros sociais.

Leia também
  • 02/09/2019 16:00:23

    Educação aposta na saúde escolar

    Caxito - A implementação do Programa de Saúde Escolar, em curso em algumas províncias do país, poderá contribuir para a procura de soluções sobre o fenómeno de desmaios de alunos nas escolas.

  • 29/08/2019 19:19:33

    Bengo conta com instituto de ensino de Matemática

    Caxito- Uma instituição académica vocacionada para o ensino e aprendizagem da disciplina de Matemática denominada Instituto Geogebra de Angola, será instalada dia seis de Setembro deste ano na cidade de Caxito, província do Bengo.

  • 12/08/2019 16:06:57

    PAT veículo de reinvenção para professor

    Huambo- O Projecto Aprendizagem para Todos (PAT) projecta-se como um veículo de reinvenção constante da figura do professor, proporcionando oportunidades para aprender, afirmou, nesta segunda-feira, no Huambo, o chefe do Departamento de Educação, Ensino, Ciência, Tecnologia e Inovação, Abel da Silva.