Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

25 Outubro de 2019 | 08h03 - Actualizado em 25 Outubro de 2019 | 08h02

Professores graduados na ADPP enquadrados nas escolas rurais

Menongue - Noventa dos duzentos e setenta professores habilitados para o exercício da profissão nas escolas primárias, especialmente nas zonas rurais, no Cuando Cubango, estão já enquadrados no sector educativo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Os docentes em causa, que concluíram a formação, no presente ano lectivo, na Escola do Magistério da Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP), foram admitidos no concurso público no sector da educação realizado em 2018.

Do grupo de graduados, cuja cerimónia ocorreu na quinta-feira, na presença do governador provincial, Júlio Bessa, falta por empregar 180 professores rurais.

O director da escola, Walter Alexandre, disse, na cerimónia de lançamento da época formativa 2020/2024 que contará com apenas 70 vagas, a instituição tem contribuído para o engrandecimento do Cuando Cubango e do país em geral.

No período de seis anos foram formados e habilitados em formação contínua 100 professores primários, em programa de agregação pedagógico.

Anualmente actuam em 75 turmas de ensino primário em diversas localidades da província através dos estagiários, embora estejam reduzidos aos municípios de Menongue e Mavinga, com 75 docentes.

De acordo com o responsável, durante o ano em curso, devido a falta de professores, foram encerradas várias escolas nas comunidades locais, daí a iniciativa da administração municipal de Menongue em ajudar a suportar tal défice com 22 professores voluntários, que permitiram reabrir as escolas primárias de Muconda, Ntandawe, Mulemba, Chinondji, entre outras, nos arredores de Menongue.

Apontou como principais dificuldades, a falta de transporte, o que obriga os professores e estudantes residentes na sede de Menongue, percorrerem, diariamente, 18 quilómetros até a comuna do Missombo, energia eléctrica da rede pública e laboratórios.

Com 16 professores, a escola, situada na comuna do Missombo, a 18 quilómetros a sudeste da cidade de Menongue, sede capital do Cuando Cubango, conta com oito salas de aulas e três naves para albergar 270 alunos e professores.

Leia também
  • 24/10/2019 16:07:45

    Estudantes universitários apostam na investigação científica

    Ndalatando - Os estudantes da Escola Superior Politécnica da província do Cuanza Norte reafirmaram hoje, quinta-feira, na cidade de Ndalatando, a aposta no reforço da investigação científica, para solucionarem problemas sociais e económicos na comunidade.

  • 23/10/2019 14:04:55

    Alto Zambeze necessita de 29 novas salas de aulas

    Luena - O município do Alto Zambeze, província do Moxico, necessita de 29 novas escolas e 741 professores para responder à demanda.

  • 21/10/2019 13:06:07

    Docentes sugerem escolha de especialidade na 10ª classe

    Luena - Professores da província do Moxico defenderam hoje, segunda - feira, no Luena, que a escolha de especialidade por parte dos educandos seja feita a partir da 10 ª classe, ao invés da 12ª classe, como previsto no novo plano curricular.