Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

12 Fevereiro de 2020 | 22h16 - Actualizado em 13 Fevereiro de 2020 | 09h30

MED quer combate à venda de manuais escolares

Luanda - A ministra da Educação, Ana Paula Elias, apelou, nesta quarta-feira, em Luanda, para o envolvimento da sociedade no combate à venda ilegal de manuais escolares do ensino primário.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Ministra Ana Paula Elias visita laboratórios do IMIL

Foto: Rosario dos Santos

De acordo com a ministra, que falava à imprensa no final de uma jornada de constatação do estado das escolas Ngola Mbandi, do Complexo Escolar do Ensino Especial e do Instituto Médio Industrial de Luanda (IMIL), o Governo produziu os manuais para a distribuição gratuita em todas as escolas primárias do país, incluindo as do sector privado.

Para atender às necessidades do sector, o Governo mandou produziu, no presente ano, 37 milhões e 500 mil manuais do ensino primário, que estão a ser distribuídos às instituições de ensino público e privado.

O Ministério da Educação (MED) controla seis milhões de alunos no ensino primário nas escolas públicas e privadas.

Ana Paula Elias aconselhou os cidadãos a recorrerem à Polícia, para denunciar os indivíduos que insistem em vender manuais.

Afirmou que as autoridades policiais estão orientadas, no sentido de proceder à apreensão dos manuais vendidos nos mercados informais e levá-los para os Gabinetes Provinciais ou Municipais da Educação.

Relativamente aos estabelecimentos escolares, a ministra informou que, apesar de poucos valores financeiros, os seus gestores devem usar a criatividade para cuidarem das instituições.

Em relação à visita, a governante disse que serviu para ver as condições e fazer o levantamento para, brevemente, criarem mecanismos para mitigar as principais dificuldades.

Segundo a ministra, o objectivo é garantir dignidade para professores, alunos e funcionários administrativos.

A titulo de exemplo, aconselhou-os a promoverem concursos para o tratamento dos canteiros.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 12/02/2020 15:27:43

    Ministra avalia estado das escolas de Luanda

    Luanda - A ministra da Educação, Ana Paula Elias, avaliou, nesta quarta-feira, o estado de três escolas de Luanda, no âmbito de uma visita de constatação que se estendera em todo o país, para aferir as condições estruturais, de trabalho e sociais do sector.

  • 11/02/2020 17:10:27

    MED esclarece uso dos manuais do ensino privado

    Luanda - Os manuais do ensino primário comercializados pelas instituições privadas, apesar de serem reconhecidos pelo Ministério da Educação (MED), não devem ser obrigatórios, por servirem apenas como complementares.

  • 11/02/2020 16:25:04

    MED aposta em política de conservação dos manuais

    Luanda - O Ministério da Educação (MED) perspectiva a elaboração de uma Política de Conservação de Manuais, no âmbito da Política do Livro.