Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

28 Fevereiro de 2020 | 01h13 - Actualizado em 28 Fevereiro de 2020 | 12h36

Kilamba Kiaxi precisa de mais escolas públicas

Luanda- O município do Kilamba Kiaxi (Luanda) carece de instituições do ensino público, face ao número de alunos fora do sistema de ensino, afirmou a directora municipal da Educação, Noémia Canoquela.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Degradação e fissuras na escola (Arquiva)

Foto: Rosario dos Santos

De acordo com a directora, existem, no município, 35 escolas públicas, das quais duas se encontram em reabilitação e uma  desactivada, por avançado estado de degradação.

Noémia Canoquela, que falava no Conselho Alargado de Direcção do Kilamba Kiaxi, explicou que, com estas três escolas em funcionamento, podiam inserir-se mais quatro mil e 500 alunos, dos 28 mil que se encontram fora do sistema de ensino.

Informou que a Direcção da Educação tem, na sua responsabilidade, 422 instituições escolares, das quais 35 públicas, 24 de convénio, 227 colégios e 136 comparticipadas.

Quanto às dificuldades e necessidades do sector, indicou a falta de água corrente em muitas escolas, carência de mobiliário e outros meios inerentes, para o bom funcionamento das instituições, degradação de casas de banho e de escolas, inexistência de orçamento, assim como o não-pagamento de energia eléctrica em estabelecimentos do primeiro ciclo e complexos escolares.

A direcção, continuou,  enfrenta também dificuldades no apetrechamento dos laboratórios e bibliotecas e de oficinas de institutos técnicos médios.

Disse que a direcção está organizada para este ano lectivo, mas enfrenta muitas dificuldades financeiras e que, por força da circular que proíbe a cobrança de emolumentos, a maioria das escolas públicas se vê limitadas na compra de material essenciais como giz e livro de ponto.

No domínio didáctico e pedagógico, tem realizado várias actividades como o acompanhamento das zonas de convergência pedagógica, seminários de capacitação, palestras e formações de várias ordens, para capacitar o docente e promover a qualidade de ensino.

Têm efectuado, igualmente, visitas de ajuda e controlo às instituições de ensino, com o objectivo de constactar o nível de funcionamento e organização das escolas.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também