Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

13 Março de 2020 | 19h09 - Actualizado em 13 Março de 2020 | 19h08

ISPPM arranca ano académico com mais de mil estudantes

Menongue - O Instituto Superior Privado de Menongue (ISPPM), única instituição do ensino superior privado na província do Cuando Cubango, arrancou o ano académico 2020 com 1594 estudantes, 400 dos quais matriculados pela primeira vez.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A instituição conta com os cursos de licenciamento em Comunicação Social, Direito, Psicologia, Engenharia Informática e Economia e Gestão.

A cerimónia de abertura do ano académico foi orientada pela vice-governadora para o sector político, social e económico, Sara Cativa, que defendeu, na ocasião, uma formação de qualidade e não de quantidade, primando pela honestidade e justiça, sem favoritismo, mas pelo princípio de igualdade e da competência.

Segundo destacou, a formação é um pilar para um país sólido, estruturado e preparado para os desafios constantes que o mundo oferece, daí louvar o empenho da instituição pela importância que atribui na formação do homem.

Sublinhou que a sociedade actual está em constantes descobertas científicas, sendo necessário que se encare a formação como um desafio e tê-la com perspectivas imensas de vencê-las, embora não seja um processo fácil em função de vários obstáculos próprios da formação.

A criação do ISPPM em Menongue concretizou-se em 2017 e é o primeiro na província do Cuando Cubango, aberto em 2018, com uma missão de formação qualitativa e quantitativa.

A instituição remeteu, em 2019, ao ministério de tutela, o dossier para a abertura de cinco novos cursos de relevância para a região, nomeadamente os de administração pública e autarquias locais, educação primária, engenharia florestal, engenharia agrícola e engenharia de planeamento e ordenamento do território.

  

Leia também
  • 11/03/2020 01:25:18

    Escola de ensino especial carece de professores

    Mbanza Kongo - Nove professores especializados em linguagem gestual são necessários para completar o quadro docente na Escola do Ensino Especial, localizada na cidade de Mbanza Kongo, província do Zaire, informou, nesta terça-feira, o director da instituição, Pedro Cordeiro.

  • 11/03/2020 01:11:57

    Gabinete da Educação distribui mais de 300 mil manuais

    Luena - Trezentos e 17 mil e 195 livros escolares diversos para o ensino primário estão a ser distribuídos, gratuitamente, desde terça-feira (10), no Luena (Moxico), pelo Gabinete Provincial da Educação.

  • 09/03/2020 11:08:10

    Inspectores escolares do Namibe em seminário de capacitação

    Moçâmedes - Inspectores escolares do Namibe participam desde hoje (segunda-feira), nesta cidade, num seminário de capacitação sobre legislação educativa e metodologia de acções inspectivas.