Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

14 Agosto de 2020 | 19h26 - Actualizado em 14 Agosto de 2020 | 19h26

UMN ganha novas instalações para Faculdade de Economia

Lubango - As instalações que serviriam o Instituto de Formação em Gestão Económica e Financeira dos Países Africanos de Língua Portuguesa, no Lubango, foram entregues à Faculdade de Economia da Universidade Mandume Ya Ndemufayo (UMN), por cedência das estruturas pelo Ministério das Finanças, o proprietário da estrutura.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Estrutura cedida ao UMN pelo ministério das finanças

Foto: José Filipe

Trata-se de uma entrega provisória, para um período indeterminado do Ministério das Finanças à UMN, cujas chaves já foram entregues oficialmente pela delegação provincial afim, na Huíla, a reitoria da universidade em Julho último.

A informação foi avançada hoje, sexta-feira, à Angop, pelo vice-reitor para a Administração e Gestão da UMN, Sebastião António, afirmando que receberam a estrutura toda equipada, em “boas condições”, sem necessidade, a principio fazer reajustes, o que constitui uma mais-valia para a instituição.

“Vamos transferir para o espaço a Faculdade de Economia da UMN e os serviços sociais da reitoria, processo que poderá estar concluído até finais do mês em curso, pois existe a previsão da estrutura ser inaugurada em Setembro próximo”, declarou.

Referiu que a recepção de alunos está condicionada ao reinício das aulas no presente ano académico ou no próximo, em função da evolução do quadro epidemiológico que o país está a viver, em virtude da Covid-19.

A instituição contempla dois blocos, um destinado a área de formação e administração com 11 salas de aula, com capacidade para mais de dois mil estudantes, salas de informática, biblioteca, sala de professores, gabinetes de investigação e ensino, auditório, sala de reuniões, de imprensa e leitura.

O segundo com carácter social reserva 63 dormitórios para estudantes e professores provenientes de outras províncias do país ou fora de Angola, refeitório, cozinha e ginásio. A infra-estrutura contempla ainda uma casa de máquinas, espaços verdes, quadra polidesportiva, abastecimento de energia e água alternativos ao da rede pública e parque de estacionamento.

A obra, iniciada em 2016, terminou há dois anos e está orçada em 24 milhões, 919 mil e 908 mil e 908 dólares americanos, um financiamento do Ministério das Finanças.

O Ministro do Estado e Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Adão de Almeida, efectuou nesta quinta-feira (13) uma visita guiada as instalações para constatar as condições nelas existentes para albergar a Faculdade de Economia da UMN.

A Faculdade de Economia da UMN tem matriculados no presente ano lectivo, mil e 43 estudantes nos cursos de licenciatura em Economia, Contabilidade e Fiscalidade e em Gestão de Empresas, assim como 60 nos cursos de pós-graduação em Contabilidade e Finanças Empresariais e Empreendedorismo e Desenvolvimento.  

A UMN surgiu em 2009, abrangendo inicialmente às províncias da Huíla, Namibe, Cunene e Cuando Cubango, mas em 2014 (decreto presidencial nº188) passou a congregar apenas a Huíla e Namibe, enquanto o Cuando Cubango e Cunene formam a VIII Região Académica.

Leia também
  • 07/08/2020 17:20:05

    Lubango conta com pólo ensino superior à distância

    Lubango - O primeiro pólo educacional internacional, em Angola, da Faculdade do Norte Novo de Apucarana (FACNOPAR) do Brasil, plataforma digital de ensino à distância, foi lançado, nesta sexta-feira, no Lubango.

  • 07/07/2020 16:25:45

    Covid-19: Directores de escolas garantem condições de biossegurança

    Lubango - Directores de algumas escolas do II Ciclo do Ensino Secundário do sector público e privado do município do Lubango, província da Huíla, garantiram hoje, terça -feira, terem criado pelo menos 85 por cento das condições de biossegurança, para o retorno às aulas, no dia 13 deste mês.

  • 03/07/2020 15:05:22

    Covid-19: UNITA recomenda cautela no reinício da aulas

    Lubango - O partido UNITA recomenda cautela sobre o reinício das aulas, por entender ser uma porta para a transmissão comunitária, sobretudo em Luanda, onde já há mais de 30 casos de covid-19 com vínculo de contaminação duvidoso, manifestou, hoje (sexta-feira), no município do Cuvango, província da Huíla, o secretário provincial, Augusto Samuel.