Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

24 Setembro de 2020 | 16h21 - Actualizado em 24 Setembro de 2020 | 17h30

Covid-19: Educação forma quadros sobre biossegurança

Lubango - Pelo menos 30 quadros do sector da educação, entre professores, supervisores, inspectores, coordenadores das Zonas de Influência Pedagógicas e funcionários administrativos estão a ser formados pelo Gabinete Provincial da Educação da Huíla em matérias de biossegurança e integração de tecnologias nas salas de aulas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Pormenor da cidade do Lubango

Foto: Morais Silva

A formação, que iniciou hoje, quarta-feira, no Lubango, decorre durante dois dias e vai funcionar como uma acção replicadora, em que os formandos vão ter a missão de disseminar os conhecimentos nos seus municípios, principalmente nas escolas.

A informação foi avançada pelo porta-voz do Gabinete Provincial da Educação na Huíla, Benício Puna, declarando que a acção formativa surge no âmbito de formação de professores, tendo em conta a situação da Covid-19, com o intuito de deixar os quadros melhor informados sobre as medidas de prevenção da doença, uma vez que faltam poucos dias para o reinício das aulas (cinco de Outubro deste ano).

Observou que após a formação, esses formandos terão de capacitar outros agentes nas localidades onde residem e estes, por sua vez, vão estar a formar a nível das escolas, para que os professores tenham a oportunidade de saber mais de como lidar com a situação da Covid-19 e accionar os mecanismos de prevenção.

Referiu que a formação está a tocar aspectos ligados às medidas de biossegurança e integração tecnológica. "Com essa acção estaremos a corresponder com um conjunto de pressupostos que são achados convenientes pelo ministério de tutela, que também constituem preocupação do Governo local e do gabinete”, considerou.

No presente ano lectivo, o gabinete da Educação na Huíla tem controlado 811.932 alunos em 1.913 escolas.

O sector conta com 18.678 professores.

Leia também
  • 25/09/2020 12:54:43

    Escolas do I e II ciclo em condições para o arranque das aulas

    Saurimo - Nove escolas do primeiro ciclo e 15 outras do segundo a nível da província da Lunda Sul, foram criadas as condições para o arranque das aulas no dia 05 de Outubro próximo, revelou hoje, sexta-feira, em Saurimo, o director do gabinete provincial da educação, Perfeito Candondolo.

  • 25/09/2020 11:37:41

    Covid-19: Namibe conta com duas mil novas carteiras

    Moçâmedes - O Ministério da Educação disponibilizou duas mil carteiras para minimizar a carência em algumas escolas da província do Namibe, no âmbito dos esforços para o cumprimento das medidas de biossegurança, como o distanciamento físico nas salas, com o reinício das aulas, previsto para 5 de Outubro do corrente ano.

  • 24/09/2020 21:24:58

    Covid-19 - Caála com 39 escolas com condições de biossegurança

    Caála - As autoridades do município da Caála (Huambo) identificaram 39 escolas, do ensino primário ao II ciclo, com condições de biossegurança exigidas para o reinício das aulas, a partir do dia 05 de Outubro, de acordo com o chefe de secção local da Educação, Américo Cinco Reis.

  • 24/09/2020 16:34:49

    Covid-19: Comparticipação de alunos reforça sistema de biossegurança

    Cuito - O director do Gabinete Provincial da Educação no Bié, Evaristo Vitangui Gando, admitiu hoje (quinta-feira), na cidade do Cuito, que a comparticipação dos alunos no processo de ensino vai contribuir no reforço do sistema de biossegurança das instituições escolares, em conformidade com um Despacho Presidencial.