Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Institucional

22 Dezembro de 2018 | 21h52 - Actualizado em 23 Dezembro de 2018 | 00h25

Governo advoga aprofundamento da democratização da comunicação social

Luanda - O Governo vai trabalhar, no próximo ano, no sentido de que o sistema de comunicação social seja cada vez mais aberto, democrático, plural e responsável, anunciou, sexta-feira, o titular do pelouro, João Melo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

João Melo, Ministro da Comunicação Social

Foto: Rosário dos Santos

O ministro da Comunicação Social falava na cerimónia de apresentação de cumprimentos de fim de ano dos trabalhadores e responsáveis do referido departamento ministerial.

Outros compromissos que o governante anunciou para o próximo ano têm a ver com a reestruturação e modernização das empresas públicas do sector, nos domínios da gestão e do apetrechamento tecnológico, bem como o fomento da iniciativa privada na área da comunicação social.

Ao referir-se à declaração do Presidente da República, João Lourenço, na entrevista colectiva que concedeu à imprensa nacional e estrangeira, no sentido de que “o processo de abertura informativa, a começar pela imprensa pública, é para continuar”, o ministro reforçou que essa opção vai prosseguir “com responsabilidade política, técnico-profissional e ético-deontológica”, mas também “sem ambiguidades, nem hesitações”.

João Melo, depois de lembrar que a comunicação aberta e diversificada é fundamental para a democratização da sociedade, acrescentou que, além de continuar aquilo a que chamou de “abertura responsável” da imprensa pública, o Ministério da Comunicação Social vai igualmente promover, em 2019, o fomento da imprensa local e comunitária, assim como estabelecer sinergias com a imprensa privada.

Neste último caso, anunciou que o ministério está a finalizar alguns ajustamentos ao pacote legislativo da comunicação social, a fim de tornar as leis existentes não apenas mais adaptadas às efectivas circunstâncias do país e da sociedade, mas também mais flexíveis e facilitadoras da iniciativa privada, tendo em conta as novas condições tecnológicas existentes.

“O advento e desenvolvimento crescente da Internet, por exemplo, obriga, naturalmente, a uma visão mais aberta e flexível em relação à criação e regulamentação de novos meios de comunicação, como à própria redefinição do conceito dos referidos meios”, disse João Melo.

Quanto à reestruturação empresarial e à modernização tecnológica e profissional do sector público da comunicação social, o ministro enfatizou que a mesma é vital, pois os órgãos “estão presos por fios”.

“O que estamos a conseguir manter e até inovar é um milagre”, disse, antes de acrescentar que, no âmbito dessa reestruturação, a formação deverá desempenhar um papel fundamental.

Assuntos Angola   Comunicação Social  

Leia também
  • 27/01/2019 14:29:59

    Euronews vai retratar potencialidades de Angola

    Luanda - A Euronews vai emitir, durante o ano em curso, reportagens com o título ?Business Angola?, para mostrar os sectores com perspectivas de crescimento económico do país, no âmbito do programa de diversificação da economia do Executivo angolano.

  • 25/01/2019 15:58:29

    MCS tem novo director de publicidade

    Luanda - José Júlio de Jesus Mendonça da Silva foi empossado esta sexta-feira, ao cargo de director nacional de Publicidade, do Ministério da Comunicação Social (MCS), em cerimónia presidida pelo titular da pasta, João Melo.

  • 08/01/2019 13:07:00

    IMPTEL tem mais de mil vagas para este ano académico

    Luanda - Mil e seiscentas vagas estão disponíveis no Instituto Médio Privado de Tecnologias (IMPTEL II) para o presente ano lectivo, nas áreas de Telecomunicações, Electrónica, Electricidade, Informática, Gestão, Redes Informáticas, Multimédia, e Prática de Automação e de Robótica.