Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Institucional

08 Janeiro de 2019 | 13h07 - Actualizado em 08 Janeiro de 2019 | 13h06

IMPTEL tem mais de mil vagas para este ano académico

Luanda - Mil e seiscentas vagas estão disponíveis no Instituto Médio Privado de Tecnologias (IMPTEL II) para o presente ano lectivo, nas áreas de Telecomunicações, Electrónica, Electricidade, Informática, Gestão, Redes Informáticas, Multimédia, e Prática de Automação e de Robótica.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Localizado na vila sede do município de Viana, em Luanda, a instituição está vocacionada para cursos técnicos de nível médio (II Ciclo). Foi inaugurada em Dezembro de 2017, tendo arrancado no ano académico de 2018 com 180 alunos, distribuídos em quatro salas de aulas, dos quais 120 concluíram com êxito.

Para o presente ano lectivo, o número de vagas elevou-se para 1600, fruto da ampliação do edifício, construído de raiz, que vai permitir juntar mais 13 salas de aulas padronizadas, perfazendo um total de 17, além do recinto para actividades culturais e recreio, anfiteatro, cantina escolar, reprografia e mediateca.

O imóvel conta ainda com laboratórios de Electrónica, Telecomunicações, Redes Informáticas TIC, Automação Robótica e Desenhador Projectista, Internet por Satélite (VSAT) e Rede Local por Wi-Fi, gabinetes e outros compartimentos.

“A nossa instituição, afiliada ao Instituto de Telecomunicações (ITEL), está equipada com meios para que os alunos, depois de concluir o curso, saiam daqui aptos para o primeiro emprego”, asseverou o seu director geral, Mário André de Oliveira Igreja.

O IMPTEL II oferece cursos técnicos profissionalizantes que permitem preparar os estudantes para o ingresso imediato no mercado de trabalho, afirmou o ex-estudante do ITEL e amante das ciências técnicas, acrescentando que este ano as aulas serão proporcionadas por 37 professores.

Com uma larga experiência na área de ensino médio, Mário de Oliveira Igreja inaugurou, em Dezembro de 2012, o IMPTEL I, com capacidade de 1600 lugares, situado na estrada direita da Camama, município de Belas, em Luanda, tendo até ao momento formado cerca de 500 alunos, muitos deles já lançados no marcado de trabalho.

Exortou os encarregados de educação no sentido de incentivarem os seus educandos a optarem pelos cursos técnicos, “pois são esses que permitem a construção de infra-estruturas de que o país tanto necessita, sem desprimor das outras áreas do saber”.

Lamentou o facto de nunca ter beneficiado de crédito bancário, apesar das garantias apresentadas, tendo, por isso, sugerido ao Executivo no sentido de gizar políticas passíveis de facilitar os empreendedores nacionais interessados em investir no país.

“O Estado, por si só, não consegue satisfazer a demanda dos cidadãos ávidos em estudar, daí o imperativo de engajar o sector privado, mediante a concessão de crédito para permitir o surgimento de mais estabelecimentos de ensino e outros empreendimentos sociais”, acrescentou.

O município de Viana, que acolhe o maior número de pessoas desalojadas em zonas de risco ou em situação precária, em termos de saneamento básico, dispõe de mais de 130 escolas de vários níveis de ensino, desde o primário ao universitário, maioritariamente privadas.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 27/01/2019 14:29:59

    Euronews vai retratar potencialidades de Angola

    Luanda - A Euronews vai emitir, durante o ano em curso, reportagens com o título ?Business Angola?, para mostrar os sectores com perspectivas de crescimento económico do país, no âmbito do programa de diversificação da economia do Executivo angolano.

  • 25/01/2019 15:58:29

    MCS tem novo director de publicidade

    Luanda - José Júlio de Jesus Mendonça da Silva foi empossado esta sexta-feira, ao cargo de director nacional de Publicidade, do Ministério da Comunicação Social (MCS), em cerimónia presidida pelo titular da pasta, João Melo.

  • 22/12/2018 21:52:57

    Governo advoga aprofundamento da democratização da comunicação social

    Luanda - O Governo vai trabalhar, no próximo ano, no sentido de que o sistema de comunicação social seja cada vez mais aberto, democrático, plural e responsável, anunciou, sexta-feira, o titular do pelouro, João Melo.