Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Institucional

01 Abril de 2020 | 20h19 - Actualizado em 01 Abril de 2020 | 20h19

Educação e televisão levam ensino ao domicílio

Luanda - O Ministério da Educação e a Televisão Pública de Angola (TPA) rubricaram nesta quarta-feira (1/4), em Luanda, um protocolo de cooperação para a transmissão de tele aulas, através da emissão de conteúdos didácticos a serem veiculados pelos órgãos de comunicação social públicos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O protocolo, válido por um ano e renovável por igual período de tempo, de acordo com o interesse manifestado pelas partes, visa atender a necessidade de reforçar o processo de ensino e aprendizagem dos alunos do subsistema do ensino geral.

“Considerando a pertinência da implementação do modelo de tele aulas ao domicílio, durante o período de estado de emergência, as partes acordaram em produzir e emitir conteúdos didácticos do ensino geral, através de tele aulas nos órgãos de comunicação social públicos”, lê-se no documento.

Acrescenta que os conteúdos didácticos a serem transmitidos obedecem as exigências estabelecidas pelo Ministério da Educação, ao qual caberá igualmente definir os parâmetros da sua produção, devendo indicar os órgãos e serviços competentes para o efeito.

Nos termos do acordo, rubricado pela ministra da Educação, Luísa Maria Alves Grilo, e pelo Presidente do Conselho de Administração (PCA) da TPA, Francisco Mendes, esta deverá adaptar os espaços e horários da sua grelha de programação, com vista a facilitar a emissão dos conteúdos educativos.

O acto foi assistido pelo ministro da Comunicação Social, Nuno Caldas Albino.

Assuntos Educação