Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

07 Maio de 2010 | 19h27 - Actualizado em 07 Maio de 2010 | 19h27

José Sócrates e François Sarkozy reunidos antes da Cimeira da Zona Euro

França/Portugal

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar


Bruxelas - O primeiro-ministro português José Sócrates e o presidente francês estiveram hoje reunidos antes do início, em Bruxelas, da cimeira dos países membros da Zona Euro para discutir as consequências da crise grega. 


Fonte governamental disse à Agência Lusa que na reunião de 20 minutos entre os dois líderes foi discutido "brevemente" o encontro de alto nível franco-português que se realizou hoje em Paris e também os "vários cenários" para a reunião desta noite dos países da Zona Euro. 


O encontro entre Sócrates e Sarkozy estava previsto ter lugar em Paris mas acabou por ser transferido para Bruxelas. 


Antes de chegar a Bruxelas e ainda em Paris, o primeiro ministro José Sócrates disse esperar que a cimeira seja de afirmação do projecto europeu e de "defesa intransigente do euro". 


O chefe de Governo adiantou que irá expressar a "solidariedade e determinação portuguesa para lutar pela afirmação do euro, pela solidez do euro e pela estabilidade do euro". 


Os líderes da Zona Euro realizam um jantar de trabalho hoje para discutir as consequências da crise grega e os ensinamentos que devem ser retirados para o futuro da moeda única. 


Os chefes de Estado e de Governo dos 16 países da moeda única, entre os quais Portugal, deverão transmitir uma mensagem de unidade no final de um dia em que as bolsas voltaram a cair antes do fim de semana. 


Os líderes pretendem convencer os mercados financeiros que os problemas de financiamento sentidos pela Grécia não será transmitido a outros países, nomeadamente Portugal e Espanha.