Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

24 Junho de 2010 | 11h57 - Actualizado em 24 Junho de 2010 | 11h56

Governo bloqueia entrada de peritos da ONU

Sri Lanka

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Colombo - O governo do Sri Lanka vai bloquear a entrada no país de três membros de um grupo de peritos da ONU, encarregue de investigar as alegações de violações dos direitos humanos, durante os últimos meses da guerra civil, noticiou a France presse.

O ministro dos negócios estrangeiros daquele país, Gamini Lakshman Peiris, disse à imprensa que o estado srilanquês não emitiram vistos de entrada para eles.

"Nós não lhes concederemos os vistos . Nós não lhes deixaremos entrar no país", disse.

O porta-voz do governo do Sri Lanka, Keheliva Rambukwella, acusou a ONU de alimentar "intenções não declaradas" em relação ao país.

O secretário geral da ONU, Ban Ki-Moon formou, terça-feira um grupo de peritos para investigar as alegadas violações de direitos do homem cometidas no decurso dos últimos meses de guerra civil no Sri Lanka.

Esta guerra terminou em Maio de 2009 quando o exército Srilanquês eliminou  a rebelião dos Tigres de Libertação de Eelam Tamil (LTTE).

O Sri Lanka está a enfrentar várias acusações de crimes de guerra, que terão sido cometidos durante a última ofensiva do seu exército, contra os rebeldes tamiles no noroeste da ilha.

Mas o governo nega tais acusações  considerando as mesmas feitas com base em falsos videos e fotografias divulgadas por grupos de defesa dos direitos do homem.