Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

21 Abril de 2017 | 10h09 - Actualizado em 21 Abril de 2017 | 11h10

UE e Mercosul abordam "pontos pendentes" na negociação comercial

Bruxelas - A ministra das Relações Exteriores argentina, Susana Malcorra, destacou na quinta-feira, em Bruxelas, o avanço das negociações comerciais entre o Mercosul e a União Europeia (UE), mas apontou que ainda há "pontos pendentes", entre eles a troca de ofertas agrícolas, ou o nome de origem, informou a AFP.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Susana Malcorra - Ministra das Relacções Exteriores da Argentina

Foto: Lino Guimaraes/Arquivo

A Argentina exerce a Presidência rotativa do Mercosul.
               
A ministra das Relações Exteriores fez essas declarações durante encontro com jornalistas em Bruxelas, depois de se reunir com
a comissária europeia do Comércio, Cecilia Malmström.
               
Entre os pontos abodados, estão o intercâmbio dos produtos agrícolas, especialmente de carne bovina, uma questão sensível para os europeus e um dos temas que "requerem um trabalho interno na UE e que a comissária está a realizar", indicou a ministra.
               
Em relação ao Mercosul, a ministra explicou que o bloco deve trabalhar nos controlos sanitários e fitossanitários, assim como na sensível questão - para ambas as partes - dos nomes de origem.
               
Nos acordos, os 28 membros querem proteger os nomes de origem reconhecidas na UE, mas, no caso do Mercosul, muitas delas se chocam com nomes similares e até idênticas, herança dos vínculos históricos com a Europa.
               
Desde 1999, os países da UE e as nações do Mercosul tentam criar um espaço de livre-comércio de cerca de 760 milhões de pessoas de ambos os lados do Atlântico. As conversações estão paralisadas há anos, depois de um intercâmbio de comércio frustrado em 2004 e reiniciado em 2010.
               
Hoje, uma fonte da Comissão Europeia e a ministra argentina reiteraram o compromisso de assinar o acordo "no final do ano". Antes disso, porém, devem completar a troca de ofertas de maio passado com alguns produtos, como a carne bovina, ou o etanol. Para isso, ainda não há data.

Assuntos Reunião  

Leia também
  • 20/04/2017 13:08:07

    Chefe da Comissão Europeia aborda processo do Brexit na com May

    Bruxelas - O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, aborda na próxima semana, em Londres, o processo de negociação do Brexit com a primeira-ministra britânica, Theresa May, anunciou hoje, quinta-feira, uma porta-voz do executivo comunitário, informou a AFP.

  • 12/04/2017 13:44:10

    Conselho de Segurança vota nesta quarta sobre ataque químico na Síria

    Nações Unidas - O Conselho de Segurança das Nações Unidas votará nesta quarta-feira um projecto de resolução que exige do governo sírio que coopere com a investigação sobre o suposto ataque químico contra uma cidade rebelde, informaram fontes diplomáticas americanas.

  • 11/04/2017 13:13:12

    Países do G7 concordam que não há solução para Síria com Assad no poder

    Lucca, Itália - Os ministros dos Negócios Estrangeiros dos países do G7 concordam que não há nenhuma solução para a Síria enquanto o presidente Bashar al-Assad continuar no poder, afirmou o chefe da diplomacia francesa Jean-Marc Ayrault, em Lucca, Itália, à AFP.