Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

15 Julho de 2017 | 15h56 - Actualizado em 15 Julho de 2017 | 15h56

Génio da matemática iraniana Maryam Mirzakhani morre aos 40 anos

Washington - Maryam Mirzakhani, uma matemática de origem iraniana que foi a primeira mulher a ganhar a 'Fields Medal', morreu aos 40 anos em um hospital americano em função de um câncer.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

              
O amigo de Mirzakhani, Firouz Naderi, anunciou a sua morte no Instagram, e seus familiares confirmaram o falecimento à agência Mehr no Irão.
               
"Uma luz se apagou hoje. 'Me doi o coração (...) se foi muito rápido", escreveu Naderi, ex-diretor de Exploração de Sistemas Solares da Nasa.
               
Segundo a imprensa iraniana, Mirzakhani, professora da Universidade de Stanford, na Califórnia, morreu depois que o câncer que combateu por quatro anos se estendeu à medula óssea.
               
Em 2014, Mirzakhani ganhou a Fields Medal, equivalente o Nobel da Matemática, entregue pelo Congresso Internacional de Matemáticos.
               
O prémio reconheceu as suas sofisticadas e muito originais contribuições aos campos da geometria e dos sistemas dinâmico, particularmente no entendimento da simetria das superfícies curvas.
               
Mirzakhani nasceu e cresceu em Teerão e ficou conhecida no cenário internacional da matemática ainda adolescente, ao ganhar medalhas de ouro nas Olimpíadas Internacionais da Matemática em 1994 e 1995.
               
Ela deixa marido e uma filha.

               
   

Assuntos Falecimento  

Leia também