Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

14 Fevereiro de 2018 | 13h01 - Actualizado em 14 Fevereiro de 2018 | 13h01

Forças turcas e rebeldes sírios controlam 25 localidades de Afrin

Beirute - As forças turcas e facções rebeldes sírias aliadas de Ancara já controlam 25 localidades do enclave curdo de Afrin, o que representa sete porcento do total de cidades dessa região do norte da Síria, informou hoje, quarta-feira, o Observatório Sírio de Direitos Humanos a EFE.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Os combates entre o exército turco e os rebeldes sírios, por um lado, e a principal milícia curdo-síria, as Unidades de Protecção do Povo (YPG, na sigla em curdo) acontecem na cidade de Sheikh Khurz, na região de Yindiris, que as tropas turcas tentam conquistar, segundo a fonte.

Desde o último dia 20 de Janeiro, a Turquia e os seus aliados desenvolvem uma ofensiva em Afrin, território controlado pelas YPG, grupo que Ancara considera terrorista pelos seus vínculos com a guerrilha curda do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

O Observatório acrescentou que a artilharia e a aviação turca atacaram hoje distintas partes de Afrin, como Yindiris e Al Sheikh Yidid, no sudoeste, assim como o monte de Barsaya e outras partes da área de Bilbile, no norte da região, situada na província de Aleppo.

Desde o início da operação militar turca, morreram pelo menos 77 civis - 21 deles menores e 15,
mulheres -, 34 soldados turcos, 211 combatentes de facções sírias pro-turquia e 163 milicianos das YPG, de acordo com dados do Observatório.

Assuntos Guerra  

Leia também
  • 11/11/2018 18:43:19

    Líderes mundiais celebram 100 anos do fim da Primeira Guerra Mundial

    Paris - Líderes do mundo inteiro comemoraram, neste domingo (11), em Paris, debaixo de chuva, o centenário do fim da Primeira Guerra Mundial, em um acto solene no qual o presidente Emmanuel Macron advertiu contra os riscos do nacionalismo, quando crescem as discrepâncias entre a Europa e os Estados Unidos da América (EUA)

  • 11/11/2018 18:25:31

    Presidente alemão comemora fim da Grande Guerra

    Londres - O presidente alemão, Frank-Walter Steinmeier, comemorou neste domingo (11), em Londres, o término da Primeira Guerra Mundial, ao participar de uma cerimónia nacional para simbolizar a reconciliação entre Alemanha e Reino Unido, 100 anos depois da guerra de 1914-1918.

  • 27/09/2018 23:15:50

    EUA: Corpo de paraquedista volta à casa após 74 anos

    Washington - Corpo de paraquedista Willard Bud Jenkins, um dos norte-americanos que morreu em combate durante a II guerra mundial, volta à casa após 74 anos.

  • 16/09/2018 14:03:14

    Israel: Defesas militares sírias interceptam mísseis israelitas

    Damasco - Defesas aéreas sírias interceptaram vários mísseis disparados por Israel contra o aeroporto da capital, Damasco.