Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

21 Abril de 2018 | 17h30 - Actualizado em 21 Abril de 2018 | 17h30

Índia dá sinal verde à pena de morte para estupradores de menores de 12 anos

Nova Délhi - O Gabinete do governo indiano deu neste sábado sinal verde a uma emenda da Lei de Protecção de Crianças dos Delitos Sexuais para que os culpados de estupro de menores 12 anos possam ser condenados à morte, em meio à indignação no país pelo abuso e assassinato de uma menina de 8 anos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira da Índia

Foto: ANGOP


A proposta de emenda da lei POCSO (pela sigla em inglês) foi aprovada numa reunião do Gabinete liderada pelo primeiro-ministro, Narendra Modi, apenas horas após retornar ao país após uma viagem por três países da Europa, informaram agências locais.

A emenda legal, que já tinha sido pedida publicamente pela ministra para a Mulher e a Infância, Maneka Gandhi, acontece em meio à comoção vivida no país após o sequestro, tortura, estupro e assassinato de uma menina muçulmana de 8 anos de uma comunidade nómada no Estado setentrional de Jammu e Caxemira.

A menina morreu em Janeiro, mas as circunstâncias do crime foram reveladas na semana passada, depois que a Polícia da Caxemira apresentou um documento formal de acusações no qual apontou, além disso, para indícios de violência religiosa.

Oito pessoas, incluídas quatro membros dos corpos de segurança, foram detidas e estão a ser processadas no marco do julgamento por este caso, que começou na segunda-feira.

Este caso e a morte, após ser agredido há duas semanas, do pai de uma menor de 16 anos que tinha sido estuprada em Junho de 2017 num crime do qual a família acusa um parlamentar regional do partido governante BJP em Uttar  Pradesh, causaram indignação no país.

De acordo com dados da Agência Nacional de Registo de Delitos da Índia (NCRB), o número de delitos contra crianças duplicou entre 2013 e 2016, passando de 58.224 a 106.958, e dos 38.947 estupros que se ocorreram no país em 2016, 19.765 as vítimas foram menores.

Assuntos Justiça  

Leia também
  • 20/04/2018 10:30:45

    EUA: Antigo número dois do FBI enfrenta denúncia criminal

    Washington - O Inspector-geral do Departamento de Justiça dos Estados Unidos enviou uma denúncia criminal para procuradores federais em Washington sobre a demissão do número dois do FBI, Andrew McCabe, anunciou hoje o seu advogado.

  • 19/04/2018 11:49:26

    França: Parlamento Europeu quer que Mark Zuckerberg vá depor em Estrasburgo

    Estrasburgo - O presidente do Parlamento Europeu, António Tajani, exigiu nesta quarta-feira que o líder da Facebook, Mark Zuckerberg, vá explicar pessoalmente aos deputados europeus a utilização de dados pessoais dos milhões de utilizadores desta rede social.

  • 19/04/2018 11:41:34

    Espanha: Tribunal confirma pena de prisão a dois membros da ETA

    Madrid - O Tribunal Supremo determinou uma pena de 535 anos de prisão para cada um dos dois membros da organização nacionalista basca armada (ETA) que fizeram explodir uma carrinha armadilhada num distrito de Madrid, em Maio de 2005, ferindo 45 pessoas, avançou hoje o La Vanguardia.