Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

16 Maio de 2018 | 10h02 - Actualizado em 16 Maio de 2018 | 18h54

Guatemala inaugura embaixada em Jerusalém, a exemplo dos EUA

Jerusalém - A embaixada da Guatemala em Jerusalém foi inaugurada nesta quarta-feira com a presença do presidente Jimmy Morales e o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, dois dias após a polémica instalação da representação dos EUA na mesma cidade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cidade de Jerusalém

Foto: Google-divulgação


"Bem-vindo ao lar, Embaixada da Guatemala", disse o prefeito da cidade, Nir Barkat, referindo-se ao país da América Central que abriu a sua delegação diplomática em Jerusalém, onde tinha permanecido até 1980, ano em que o Conselho de Segurança das Nações Unidas ordenou aos Estados-membros da organização que ainda não haviam retirado as suas embaixadas, para fazê-lo.

Jimmy Morales chegou terça-feira com a sua esposa, Patricia Marroquín de Morales, ao Aeroporto Internacional Ben Gurion, em Tel Aviv, onde foi recebido por uma comitiva da qual participava a ministra dos Negócios Estrangeiros da Guatemala, Sandra Jovel, o embaixador guatemalteco no país e autoridades da Chancelaria israelita.

As muralhas da Cidade Velha de Jerusalém foram iluminadas terça-feira à noite com projecções das bandeiras da Guatemala, Estados Unidos e Israel, e o texto: "Obrigado, presidente Jimmy Morales Cabrera".

O prefeito Barkat agradeceu a "decisão corajosa" de inaugurar a sua embaixada e pediu para que outros países se unam aos EUA e Guatemala: "Façam o correcto e tragam as suas embaixadas para Jerusalém, nossa eterna capital", declarou.

Nesta visita oficial de apenas dois dias, Jimmy Morales se reunirá com o presidente israelita Reuven Rivlin; com Netanyahu, e com Barkat, que lhe dará as chaves honoríficas da cidade.

Assuntos Diplomacia  

Leia também
  • 16/05/2018 18:20:34

    Luxemburgo convoca embaixadora de Israel por violência em Gaza

    Cabul - O presidente afegão, Ashraf Gani, pediu nesta quarta-feira desculpas em nome do governo aos familiares das vítimas de um ataque aéreo em Kunduz (norte de Afeganistão) a dois de Abril no qual, segundo um relatório da missão da ONU no país (UNAMA), morreram pelo menos 36 pessoas, 30 delas crianças.

  • 16/05/2018 16:49:02

    Autoridade Palestiniana convoca embaixadores para consultas

    Ramallah, Territórios palestinianos - A Direcção palestiniana anunciou hoje que convocou para consultas os seus embaixadores em quatro países da União Europeia (UE), que enviaram representantes a uma cerimónia israelita por ocasião da abertura da embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém.

  • 16/05/2018 11:42:33

    Turquia ordena saída do cônsul israelita em Istambul

    Istambul - A Turquia ordenou nesta quarta-feira que o cônsul-geral de Israel em Istambul abandone o país temporariamente, um dia depois da ordem do governo israelita para que o cônsul turco deixe Jerusalém.