Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

07 Setembro de 2018 | 10h10 - Actualizado em 07 Setembro de 2018 | 10h10

Oposição timorense pede comissão parlamentar para investigar adjudicações

Díli - A Fretilin, maior partido da oposição timorense, requereu hoje a formação de uma comissão parlamentar para investigar a adjudicação de projectos de construção e reabilitação de estradas, pontes, controlo de cheias e electricidade em Timor-Leste.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O requerimento foi apresentado pela bancada da Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (Fretilin) na conclusão do debate do Orçamento Geral do Estado (OGE) que inclui fundos para pagar projectos deste tipo.

Em causa estão cerca de 140 projectos adjudicados pelo VI Governo Constitucional em Julho de 2017, alguns dias antes das eleições e que a Fretilin quer que a comissão "aprecie e esclareça".

"A Fretilin quer que a comissão procure saber sobre as alegações de que existem falhas e ilegalidades nas celebrações dos contratos para estes projectos, que foram efectuados apenas alguns dias antes das eleições parlamentares de 2017", disse o líder da bancada, Aniceto Lopes.

A comissão deve, segundo o partido, investigar "se os contratos foram celebrados respeitando os procedimentos de aprovisionamento e aquisição de bens e serviços de acordo com as leis em vigor e se as entidades que celebraram estes contratos com o Estado estão de acordo com os requisitos jurídicos ou não".

O requerimento foi apoiado por Adriano do Nascimento, da bancada do Partido Democrático (PD).

Assuntos Parlamento  

Leia também
  • 01/02/2019 23:58:23

    Brasil: Esquerda se divide e disputa liderança da minoria na Câmara

    Brasília - Os principais partidos de esquerda se dividiram na eleição à presidência da Câmara, nesta sexta-feira, e agora disputam para influenciar a escolha do líder da minoria - que tem direito a discursar em plenário -, evitando o isolamento completo na oposição ao governo de Jair Bolsonaro.

  • 24/01/2019 09:32:59

    Presidente do Parlamento Europeu reconhece "legitimidade" de Guaidó

    Bruxelas - O presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, reconheceu hoje "legitimidade democrática" ao opositor venezuelano Juan Guaidó, que se autoproclamou Presidente interino do país, denunciando os "abusos" de Nicolás Maduro que fizeram aquele povo "passar fome e sofrer".

  • 24/01/2019 09:05:17

    União Europeia apoia plenamente Assembleia Nacional

    Bruxelas: A União Europeia (UE) "apoia plenamente" a Assembleia Nacional da Venezuela, cujo líder se autoproclamou quarta-feira Presidente interino do país, e pede a realização de "eleições livres e credíveis", declarou a Alta Representante para a Política Externa.

  • 24/01/2019 08:57:53

    Parlamento russo critica Trump por reconhecer Guaidó como presidente

    Moscovo - Vários membros do parlamento russo criticaram hoje a decisão do Presidente dos Estados Unidos em reconhecer Juan Guaidó como Presidente interino da Venezuela.