Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

10 Setembro de 2018 | 09h50 - Actualizado em 10 Setembro de 2018 | 09h49

Mais de 50 soldados detidos na Turquia por ligação a tentativa de golpe

Istambul - A polícia de Istambul confirmou hoje a detenção de 51 soldados e de nove outras pessoas, noticiou a Reuters.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

De acordo com a fonte, são todos suspeitos de ligações a Fethullah Gulen, o clérigo que o Governo de Erdogan acusa de ter sido responsável pela tentativa de golpe de Estado.

Foi em Julho de 2016 que Erdogan viu o seu poder ameaçado durante horas. Cerca de 250 pessoas morreram mas os apoiantes do presidente turco saíram vencedores, ao irem para a rua em peso para o defender.

Após horas de tensão, com tanques nas ruas e pontos-chave sob controlo, os militares envolvidos no golpe perderam força e viram Erdogan aterrar triunfante no aeroporto internacional de Atatürk, pronto para reassumir o controlo da situação.

De então para cá foi violenta a 'purga' levada a cabo. Centenas de milhares de pessoas foram detidas ou afastadas dos seus cargos, com Erdogan a aproveitar para cimentar o seu peso entre as forças armadas e de segurança, mas também na justiça, educação e media, conseguindo desta forma sair reforçado da tentativa de golpe.

Cerca de 50 mil pessoas continuavam detidas em Março passado a aguardar julgamento, segundo a organização das Nações Unidas para os refugiados.

Assuntos Polícia  

Leia também