Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

20 Setembro de 2018 | 17h32 - Actualizado em 20 Setembro de 2018 | 17h30

Líder do Hezbollah libanês afirma ter mísseis de alta precisão

Beirute - O líder do Hezbollah libanês, Hassan Nasrallah, afirmou que o seu movimento, envolvido no conflito sírio, conseguiu obter "mísseis de alta precisão", apesar das tentativas de Israel de impedí-lo com os seus ataques na Síria.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

HEZBOLLAH LIBANÊS ENVOLVIDO NO CONFLITO SÍRIO

Foto: AFP

O Hezbollah, inimigo de Israel, apoia militarmente o governo sírio ao lado do Irão, alvos frequentes dos ataques israelitas.

Estas operações têm por objectivo impedir "a transferência de armas sofisticadas" ao Hezbollah por parte do Irão.

"Já está feito. A resistência possui mísseis de alta precisão (...) e capacidades em termos de armamento. Se Israel quer impor a guerra ao Líbano, será enfrentado um destino que nunca poderia ter previsto", afirmou Hassan Nasrallah, durante um discurso proferido hoje por ocasião da festa religiosa da Ashura ligada a religião mulçumana.

De acordo com os militares israelitas, o Hezbollah teria de 100.000 a 120.000 foguetes e mísseis de curto alcance, além de centenas de mísseis de grande alcançe.

Na ocasião, o líder do Hezbollah acusou Israel de tentar matá-lo "dia e noite". Nasrallah mora num local secreto há uma década e faz poucas aparições públicas. Em 2014 afirmou que mudava com frequência de residência, no mais rigoroso sigilo.
 

Assuntos Conflito  

Leia também
  • 20/09/2018 17:14:13

    Estudante invade avião e força encerramento do aeroporto na Flórida

    Miami (EUA) - Um estudante de pilotagem violou hoje a segurança e invadiu um avião comercial no Aeroporto Internacional de Orlando-Melbourne (MLB), no centro da Flórida, nos Estados Unidos, o que obrigou o encerramento temporário do terminal, informou a imprensa local.

  • 20/09/2018 10:53:14

    Hezbollah diz que vai ficar na Síria "até nova ordem"

    Beirute -O líder do movimento xiita libanês Hezbollah, aliado do Governo de Damasco, assegurou hoje que a sua organização se vai manter na Síria "até nova ordem", apesar da "calma nas linhas da frente" do país devastado pela guerra civil.

  • 20/09/2018 10:14:43

    Presidente da Coreia do Sul pede fim a 70 anos de hostilidade

    Pyongyang - O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, discursou nesta quarta-feira para uma multidão norte-coreana, propondo à Coreia do Norte que ambos os países acabem com sete décadas de hostilidade e construam um futuro de paz e prosperidade.