Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

20 Setembro de 2018 | 18h38 - Actualizado em 20 Setembro de 2018 | 18h38

Proposta de May sobre futura cooperação com UE é inviável, diz Tusk

Salzburgo, Áustria - O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, considerou nesta quinta-feira inviável a proposta da primeira-ministra britânica, Theresa May, sobre o marco da futura cooperação económica entre a UE e o Reino Unido.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Donald Tusk - Presidente do Conselho Europeu

Foto: MARCUS ERICSSON

"O marco da cooperação económica, da forma como está proposto, não funcionará. Acima de tudo, porque prejudicaria as liberdades internas [de livre-circulação]" da UE, afirmou Tusk, no término de uma cúpula europeia em Salzburgo, na Áustria.

Na noite de quarta-feira, Tusk pediu ao Reino Unido que "volte a trabalhar nas suas propostas" para destravar as negociações sobre o Brexit, que já estão na recta final.

Em Salzburgo, o presidente francês, Emmanuel Macron, insistiu na importância para os europeus permanecerem "unidos" e "coerentes", diante da proximidade do fim do prazo para as negociações sobre o Brexit.

"Haverá atrito", disse Macron, ao chegar à reunião dos 28.

"Sempre haverá momentos difíceis (...) mas devemos, no curto, médio e longo prazo, defender os interesses da UE", frisou Macron.

May acabou afirmando hoje que apresentará novas propostas "em breve" sobre a livre-circulação pela fronteira da Irlanda do Norte com a UE, de modo a desbloquear o Brexit. Esse é um dos maiores entraves à negociação.

Em conferência de imprensa, após os dois dias de cúpula, May confirmou que o seu governo trabalha numa saída ordenada da UE.

Assuntos Política  

Leia também
  • 19/09/2018 17:03:08

    Líder catalão só aceitará referendo que inclua a independência

    Barcelona - O presidente da região da Catalunha, Quim Torra, afirmou nesta quarta-feira que não aceitará como solução política para a província um referendo de auto-governo que não inclua a opção de independência.

  • 18/09/2018 11:45:08

    Hillary Clinton acusa Trump de levar a cabo "assalto à democracia"

    Washington - A ex-secretária de Estado norte-americana Hillary Clinton acusou o presidente Donald Trump de levar a cabo um ?assalto à nossa democracia? durante os dois primeiros anos de mandato na Casa Branca, noticiou hoje a Reuters.

  • 18/09/2018 10:18:59

    OEA quer evitar que Venezuela se transforme num 'Ruanda'

    Cúcuta - O secretário-geral da Organização de Estados Americanos (OEA), Luís Almagro, instou segunda-feira a Comunidade Internacional a actuar para evitar que a Venezuela se transforme num 'Ruanda', onde, em 1994, quase um milhão de pessoas foram assassinadas.