Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

18 Setembro de 2018 | 23h57 - Actualizado em 19 Setembro de 2018 | 09h20

Venezuela projecta elevar a 1 milhão de barris envio de petróleo à China

Caracas - A Venezuela acertou com a China aumentar para 1 milhão de barris diário a produção de petróleo destinada aos país asiático o que requer investimentos de cerca de cinco mil milhões de dólares, disse terça-feira o Presidente Nicolás Maduro.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Arte das bandeiras da China e Venezuela

Foto: Arte Angop

Foi acordado "elevar as exportações de petróleo para a China para 1 milhão de barris. Apenas para a China, 1 milhão de barris", disse Maduro a correspondentes estrangeiros, num balanço da visita a Pequim entre quinta-feira e sábado passado.

O presidente não detalhou o quanto a China vai contribuir com o projecto, mas estimou que ambos os países devem investir cerca de cinco mil milhões de dólares.

"Calculo cerca de cinco mil milhões de dólares que devemos investir neste ano que coloquei como meta. O dinheiro vamos conseguindo", disse Maduro.

Estimativas privadas indicam que a Venezuela enviou uma média de 700 mil barris por dia para a China em 2017.

O gigante asiático é o principal credor de Caracas, que recebeu empréstimos chineses 62 mil milhões na última década, pagos principalmente petróleo.  

Assuntos Petróleos  

Leia também