Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

12 Janeiro de 2019 | 00h10 - Actualizado em 12 Janeiro de 2019 | 00h13

Canadá confirma que concedeu asilo a jovem saudita que fugiu da família

Toronto - O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, confirmou na sexta-feira que o país concedeu asilo à jovem saudita Rahaf Mohammed al Qunun, que está há quase uma semana em Banguecoque, na Tailândia, após fugir da sua família.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Justin Trudeau disse que o Canadá aceitou o pedido do Alto-comissário da ONU para os Refugiados e concedeu asilo à jovem.

O governo da Tailândia informou mais cedo que ela tinha embarcado num avião rumo à Coreia do Sul, onde faria escala para chegar ao Canadá. A ideia inicial dela era pedir asilo na Austrália.

Al Qunun fugiu da família após renunciar ao Islão, algo que é proibido na Arábia Saudita. Ela temia que seus parentes a matassem por não querer seguir a religião.

A jovem viajou inicialmente para o Kuwait, onde as mulheres sauditas não precisam de autorização de seus "guardiães masculinos" para viajar, como ocorre na Arábia Saudita.

No sábado passado, ela fugiu para a Tailândia.

Ela seria deportada para a Arábia Saudita pelo governo da Tailândia, mas se trancou no quarto do hotel que estava no aeroporto de Suvarnabhumi e se recusou a sair até que a Acnur chegasse para protegê-la.

Assuntos Internacional  

Leia também