Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

16 Janeiro de 2019 | 17h41 - Actualizado em 16 Janeiro de 2019 | 17h41

Grupo de pelo menos 100 salvadorenhos rumo aos EUA em caravana

San Salvador - Um grupo de pelo menos 100 salvadorenhos, entre eles adolescentes e mulheres, partiu nesta quarta-feira para os Estados Unidos em caravana, somando-se aos mais de três mil imigrantes de El Salvador que começaram desde Outubro do ano passado uma viagem ao país governado por Donald Trump.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A caravana, cuja convocação foi feita através das redes sociais, saiu por volta das 07h10 locais da praça El Salvador del Mundo.
Os salvadorenhos pretendem alcançar os mais de 700 imigrantes que saíram na última segunda-feira das Honduras e na terça-feira cruzaram a fronteira com a Guatemala com o objectivo de chegar aos EUA, apesar das fortes medidas de segurança implementadas nas fronteiras por ordens de Trump.
A caravana, a primeira a sair em 2019 e no dia em que é lembrado o 27º aniversário do Acordo de Paz que deu fim a 12 anos de guerra civil (1980-1992) em El Salvador, é acompanhada por agentes da Polícia Nacional Civil (PNC).
Um dos integrantes da caravana, que quis ser identificado simplesmente como Armando, disse à Agência EFE que tomou a decisão de viajar com um grupo de familiares, integrada por oito pessoas - entre elas dois menores de idade - pela "falta de oportunidades no país".
"Este país é bom para as pessoas que têm dinheiro e vivem cômodas, mas nós pobres temos que sair. É difícil deixar El Salvador, mas não queremos voltar pela situação que vivemos", contou o imigrante.
 

Assuntos Sociedade  

Leia também