Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

31 Janeiro de 2019 | 17h39 - Actualizado em 31 Janeiro de 2019 | 17h39

Barco da ONG alemã com 47 migrantes chega à cidade siciliana

Catânia, Itália - O barco da ONG alemã Sea-Watch chegou nesta quinta-feira à Catânia, na Sicília, para o desembarque dos 47 migrantes resgatados há 13 dias na costa da Líbia e que devem ser divididos entre sete países europeus.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira da Alemanha

Foto: Luanda

Escoltado por navios da Guarda Costeira e da Polícia, o barco humanitário, com bandeira holandesa, atracou pouco depois das 10h20 locais no porto de Catânia, no leste da ilha. A Cruz Vermelha instalou barracas de campanha no local para receber os migrantes, que se abraçavam e tiravam "selfies" com os voluntários da tripulação.

Foram designados tutores para cada um dos 13 menores, enquanto os adultos serão levados para um centro de identificação e de recepção na região de Messina.

Na quarta-feira, o chefe do governo italiano, Giuseppe Conte, anunciou ter chegado a um acordo com outros seis países (França, Alemanha, Portugal, Malta, Roménia e Luxemburgo) para receber esses migrantes. A maioria é procedente da África Subsaariana.

O grupo estava desde 19 de Janeiro bloqueado na embarcação.

Há meses, diplomatas e organizações humanitárias europeias pedem que se estabeleça um mecanismo permanente para a distribuição dos migrantes resgatados no mar, visando a evitar discussões intermináveis a cada caso.
 

Assuntos Imigração  

Leia também