Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

01 Fevereiro de 2019 | 17h26 - Actualizado em 01 Fevereiro de 2019 | 17h26

Inflação na zona do euro desacelera, a 1,4% em Janeiro

Bruxelas - A inflação na zona do euro desacelerou-se em Janeiro, a 1,4%, frente a 1,6% de Dezembro - apontam dados provisórios divulgados nesta sexta-feira (1º) pelo Gabinete de Estatísticas da União Europeia, o Eurostat.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Esta cifra está dentro das previsões dos analistas indagados pelo provedor de informações financeiras FactSet.

Esta taxa de inflação está longe da meta do Banco Central Europeu (BCE), que almeja uma inflação pouco abaixo de 2,0% ao ano.

Em Novembro, a inflação na zona do euro foi de 1,9% e, em seguida, passou para 1,6% em Dezembro - principalmente pela queda dos preços da energia.

A desaceleração de Janeiro tem o mesmo motivo. Os preços da energia aumentaram 2,6%, ante 5,4% de alta em Dezembro.

A inflação subjacente, que não leva em conta preços voláteis, como energia, alimentos, álcool e tabaco, alcançou 1,1% em Janeiro - uma alta de 0,1 ponto em relação a Dezembro.

Assuntos Economia  

Leia também
  • 05/02/2019 18:18:34

    Irão diz que países da Europa não têm comprado seu petróleo

    Teerão - O Irão diz que nações europeias não têm respondido a suas ofertas de venda de petróleo, mesmo com licenças dos Estados Unidos. A agência de notícias semi-estatal Fars citou o ministro do Petróleo iraniano, Bijan Zanganeh, segundo o qual "nós temos telefonado para eles muitas vezes, mas não respondem nossas ligações".

  • 05/02/2019 14:56:15

    Acordo da Apple com fisco francês para pagamento de impostos atrasados

    Paris - O grupo americano Apple chegou a um acordo com a administração fiscal francesa para pagar dez anos de impostos atrasados, informou a empresa à AFP, confirmando uma informação da revista francesa L'Express.

  • 01/02/2019 12:59:20

    Sector industrial da China contrai mais que o esperado em Janeiro, mostra PMI do Caixin

    Pequim - A actividade industrial da China registou em Janeiro o ritmo mais forte de contracção em quase três anos com o recuo das novas encomendas e da produção, mostrou a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI) do Caixin/Markit, reforça os temores de uma desaceleração na segunda maior economia do mundo.