Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

11 Fevereiro de 2019 | 10h31 - Actualizado em 11 Fevereiro de 2019 | 10h31

Emissário dos EUA para Afeganistão inicia périplo diplomático

Washington - O emissário dos Estados Unidos para o Afeganistão, Zalmay Khalilzad, inicia hoje (11) um novo e longo périplo na Bélgica, Alemanha, Turquia, Qatar, Afeganistão e Paquistão, no âmbito dos esforços para um acordo de paz, anunciou o Departamento de Estado.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Zalmay Khalilzad "dirige uma delegação" norte-americana entre 10 e 28 de Fevereiro e "estará em contacto com o governo afegão durante toda a viagem", referiu a diplomacia de Washington em comunicado.

De acordo com os talibãs afegãos, as inéditas conversações que os seus representantes mantêm com os Estados Unidos serão retomadas no dia 25 de Fevereiro, e nesta perspectiva a viagem de Khalilzad inscreve-se nos "esforços gerais para abrir caminho a um processo de paz no Afeganistão", sublinhou o sector.

Este processo deve permitir "proteger a segurança nacional americana e juntar todas as partes afegãs num diálogo inter-afegão através do qual poderão determinar o caminho em direcção ao futuro do seu país".

O emissário norte-americano "vai encontrar-se com os nossos aliados e parceiros para discutir os esforços mútuos para fazer avançar este objectivo", prossegue o comunicado.

Desde o verão que Washington e os talibãs promovem inéditas negociações directas para tentar terminar com o mais longo conflito da história dos Estados Unidos, desencadeado na sequência dos atentados de 11 de Setembro de 2001.

Zalmay Khalilzad assegurou sexta-feira que o seu objectivo não consiste em "procurar um acordo de retirada mas um acordo de paz".

Na quinta-feira, tinha desmentido no Twitter a existência de um calendário para a partida das tropas. No entanto, não excluiu a possibilidade de uma redução de efectivos sem a confirmação de um acordo de paz definitivo.

Assuntos Diplomacia  

Leia também
  • 11/02/2019 15:48:44

    Itália favorável eleições na Venezuela o mais rápido possível

    Roma - O vice-primeiro-ministro e ministro do Interior, Matteo Salvini, declarou-se nesta segunda-feira a favor de "eleições livres, democráticas, transparentes e pacíficas o mais rápido possível" na Venezuela.

  • 11/02/2019 11:12:42

    Casa Branca não exclui novo 'shutdown'

    Washington - O chefe do gabinete interino da Casa Branca, Mick Mulvaney, não excluiu hoje um novo encerramento da administração federal ('shutdown') a partir do dia 15 de Fevereiro, data limite para a obtenção de um acordo sobre financiamentos no Congresso.

  • 08/02/2019 17:37:31

    Chamada do embaixador na Itália não é permanente mas importante - França

    Roma - O porta-voz do governo da França, Benjamin Griveaux, afirmou nesta sexta-feira (8) que a convocação do embaixador do país na Itália não é "permanente", mas avançou que era "importante dar um sinal".