Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

11 Fevereiro de 2019 | 16h56 - Actualizado em 11 Fevereiro de 2019 | 16h56

Filme do chinês Zhang Yimou retirado do Festival de Berlim

Berlim - O filme “One second”, novo longa dirigido pelo chinês Zhan Yimou, foi retirada da competição principal do festival de Berlim, mostra de cinema em que faria a sua estreia mundial.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação que começou a circular no Webo, versão chinesa do Twitter, foi confirmada pela revista Variety.

Em substituição a exibição de “One Second “a mostra exibira outro filme da carreira de Zhang Yimou, ainda não revelado.

Segundo a publicação americana, especula-se que a sua retirada tenha a ver com questões políticas, tendo en conta que de

Zhang aconteceu durante o período da revolução cultural, época conturbada e marcada por violência e visto como tabu na história do partido comunista.

O longa concorreria para o Urso de Ouro, o prestigioso prémio principal do evento.

Uma semana antes, outro título chinês, “Better Days” foi misteriosamente retirado da programação do festival alemão.

A trama do longa de Derek Kwork – Cheung Tsang é descrita como um “melodrama que trata das forças políticas e sociais da China actual e com elas mexem com dois indivíduos”.

A justificativa oficial no caso de “Better Days” foi que faltava autorizações oficiais emitidos pelo governo chinês para que o filme saísse do país.

Duas horas após a publicação da revista Veriety, a organização do festival de Berlim informou que o filme teve problema técnicos na sua pós-produção, mas não explicados.

Assuntos Cinema  

Leia também