Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

07 Novembro de 2019 | 09h48 - Actualizado em 07 Novembro de 2019 | 09h48

Mulher é presa após falsificar diagnóstico de cancro e ganhar 80 mil dólares

Washington - Uma mulher foi presa após ser acusada de ter falsificado um diagnóstico de cancro e levantado, aproximadamente, 80 mil dólares, em doações para o seu suposto tratamento médico, informou quarta-feira a CNN.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Jessica Smith mora na Pensilvânia, nos Estados Unidos, e teria usado o site GoFoundMe e o Facebook para conseguir a quantia de dinheiro em questão.

"Esta é uma situação perturbadora, em que ela aproveita a boa natureza de outras pessoas. Jessica  aproveitou-se  da generosidade de outras pessoas mentindo sobre ter cancro ", disse Michael Noone, assistente de advogado do condado de Chester à CBS 3.

"Ela também mentiu sobre a morte do próprio pai para tirar outro dia de folga do trabalho", acrescentou.

A CNN informou que a queixa criminal apresentada dizia que a mulher, de 32 anos, havia reivindicado um diagnóstico de cancro colorretal hereditário sem polipose (HNPCC) e estava em tratamento quimioterápico na Penn Medicine.

A denúncia acrescenta ainda que Jessica estava "enfrentar  enormes despesas médicas, custos de viagem e pagando pelos cuidados dos seus filhos e a falta de trabalho", e que os mais de USD 80 mil que ela levantou foram depositados em contas bancárias conjuntas, as quais ela compartilhava com o marido.

Assuntos Crime  

Leia também