Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

08 Novembro de 2019 | 19h44 - Actualizado em 08 Novembro de 2019 | 19h43

Ex-político japonês é condenado a prisão perpétua na China

Pequim - Um tribunal no sul da China condenou um ex-político japonês à prisão perpétua em um caso de tráfico internacional de drogas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Takuma Sakuragi, de 76 anos, era um vereador da cidade japonesa de Aichi quando foi detido, em 2013, no Aeroporto Internacional de Guangzhou Baiyun, com três quilogramas de um estimulante ilegal não identificado.

Em geral, a justiça chinesa costuma aplicar a pena de morte para casos assim, mas de acordo com a AP, o ex-político teria sido poupado por ter mais de 75 anos.

​Além dele, ainda segundo a AP, um cidadão da guineense também teria recebido prisão perpétua pelo caso, enquanto outro acusado, maliano, teria sido condenado à morte com uma suspensão de dois anos.

Assim como há cinco anos, Sakuragi alegou inocência, afirmando que a droga encontrada com ele estaria em uma mala que um conhecido, de nacionalidade nigeriana, teria pedido para segurar.

Na China, o porte de drogas é considerado um crime grave, punido com pena de morte dependendo da quantidade. Em 2010, quatro japoneses foram executados no país após serem condenados sob essa acusação.

Assuntos Justiça  

Leia também
  • 08/11/2019 09:11:09

    Trump paga 1,8 milhões de euros em processo de fecho da fundação homónima

    Washington - Uma juiza nova-iorquina ordenou nesta sexta-feira que o Presidente norte-americano pague dois milhões de dólares (1,8 milhões de euros), no quadro de um processo de má utilização de fundos da sua Fundação, entretanto mandada encerrar, noticiou a Lusa.

  • 07/11/2019 11:01:10

    Presidente chileno processado por crimes contra a humanidade

    Santiago - Um tribunal chileno acolheu uma acção movida contra o presidente Sebastián Piñera por sua responsabilidade em supostos crimes contra a humanidade que ocorreram durante a crise social que o Chile vive há quase três semanas e matou 20, segundo o Judiciário.

  • 07/11/2019 10:46:52

    China condena traficantes de fentanil após investigação conjunta com EUA

    Pequim - Um tribunal chinês condenou hoje , quinta-feira, nove pessoas, uma delas à pena de morte, por tráfico de fentanil aos Estados Unidos, resultado da primeira investigação conjunta realizada por autoridades dos dois países, noticiou a Lusa.