Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

03 Dezembro de 2019 | 18h13 - Actualizado em 03 Dezembro de 2019 | 18h13

Próxima cimeira do G7 vai decorrer em Camp David, anuncia Trump

Londres - O presidente dos EUA Donald Trump anunciou hoje, em Londres, que a próxima cimeira do G7 vai decorrer na residência governamental de Camp David, Estado de Maryland, e não na sua estância de golfe na Florida, como foi previamente admitido.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

"Vamos realizá-la em Camp David", declarou Trump, sem avamçar a data, durante um encontro com o primeiro-ministro canadiano Justin Trudeau, antes do início da cimeira do 70.º aniversário da NATO que decorre hoje e quarta-feira em Londres.

Em Outubro, o presidente norte-americano tinha anunciado renunciar à organização da cimeira do G7 no Trump National Doral, o clube de golfe que possui em Miami.

Assuntos Cimeira  

Leia também
  • 03/12/2019 16:13:25

    Trump encontra-se com Boris mas sem envolver-se nas eleições

    Londres - O presidente norte-americano, Donald Trump, disse hoje que vai encontrar-se com o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, mas à margem da cimeira da Nato, que decorre em Londres até quarta-feira, evitando interferir na campanha para as eleições no Reino Unido.

  • 03/12/2019 09:50:18

    Nancy Pelosi manifesta apoio do povo do EUA à cimeira do clima

    Nova Iorque - A presidente da Câmara dos Representantes dos EUA manifestou na Cimeira da ONU sobre Alterações Climática (COP 25), o apoio do povo norte-americano ao acordo de Paris, apesar da retirada dos EUA do pacto decidida por Donald Trump, noticiou hoje a Lusa.

  • 27/09/2019 09:18:00

    Coreia do Norte coloca em causa realização de nova cimeira com EUA

    Pyongyang - O governo norte-coreano colocou nesta sexta-feira em causa a realização de uma nova cimeira entre o líder da Coreia do Norte e o Presidente dos EUA, por não estarem a ser cumpridos os acordos alcançados, noticiou a Lusa.