Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

03 Dezembro de 2019 | 16h13 - Actualizado em 03 Dezembro de 2019 | 16h13

Trump encontra-se com Boris mas sem envolver-se nas eleições

Londres - O presidente norte-americano, Donald Trump, disse hoje que vai encontrar-se com o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, mas à margem da cimeira da Nato, que decorre em Londres até quarta-feira, evitando interferir na campanha para as eleições no Reino Unido.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Arte das fotos do Presidente dos EUA, Donald Trump (à esq.) e do Primeiro Ministro Britânico, Boris Johnson

Foto: Divulgação

Durante uma conferência de imprensa realizada na capital britânica, Trump afirmou que considera Boris Johnson um político "muito competente", mas frisou que não quer envolver-se nas eleições do Reino Unido, marcadas para o dia 12 de Dezembro deste ano.

"Eu não quero complicar as coisas (...), não quero envolver-me nestas eleições", disse o presidente dos Estados Unidos no encontro com a imprensa na qual participou o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg.

"Eu penso que Boris é muito competente e que vai fazer um bom trabalho", disse Trump que voltou a afirmar que é "favorável" à saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit).

Na mesma conferência de imprensa, Trump criticou abertamente o presidente francês, Emmanuel Macron, que considerou que a Aliança Atlântica se encontra em "estado de morte cerebral".

Para Trump trata-se de uma declaração "inaceitável", uma "falta de respeito" e uma posição "perigosa" por parte da França, um país que, disse, precisa da NATO.

De acordo com a agenda oficial, Trump deve encontrar-se ainda hoje com o chefe de Estado francês, à margem dos trabalhos da cimeira.

Líderes de 30 países participam na cimeira da NATO, coincidindo com o 70.º aniversário da aliança militar que protege cerca de mil milhões de pessoas.

Assuntos Cimeira  

Leia também
  • 03/12/2019 09:50:18

    Nancy Pelosi manifesta apoio do povo do EUA à cimeira do clima

    Nova Iorque - A presidente da Câmara dos Representantes dos EUA manifestou na Cimeira da ONU sobre Alterações Climática (COP 25), o apoio do povo norte-americano ao acordo de Paris, apesar da retirada dos EUA do pacto decidida por Donald Trump, noticiou hoje a Lusa.

  • 27/09/2019 09:18:00

    Coreia do Norte coloca em causa realização de nova cimeira com EUA

    Pyongyang - O governo norte-coreano colocou nesta sexta-feira em causa a realização de uma nova cimeira entre o líder da Coreia do Norte e o Presidente dos EUA, por não estarem a ser cumpridos os acordos alcançados, noticiou a Lusa.

  • 24/09/2019 17:40:40

    Bolsonaro diz na ONU que Brasil esteve "muito próximo do socialismo"

    Nova Iorque - O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse esta terça-feira, na Assembleia-Geral das Nações Unidas, que o seu país "esteve muito próximo do socialismo", o que o colocou numa situação de corrupção generalizada e grave recessão económica.