Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

09 Dezembro de 2019 | 15h11 - Actualizado em 09 Dezembro de 2019 | 19h11

UE e União Africana reúnem em Fevereiro de 2020

Bruxelas - As comissões da União Europeia e da União Africana vão reunir-se, em Fevereiro de 2020, em Addis Abeba, Etiópia, para preparar a próxima cimeira entre as organizações congéneres prevista para aquele ano, segundo informação da UA.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A decisão saiu do encontro deste fim de semana entre a presidente da Comissão Europeia (EU), Ursula von der Leyen, e do presidente da Comissão da União Africana (UA), Moussa Faki Mahamat, na sede da organização africana, em Adis Abeba, na Etiópia.

"Os dois responsáveis concordaram, tendo em vista a preparação da próxima cimeira UE-UA em 2020, que haverá uma reunião entre as comissões em Addis Abeba, em Fevereiro, seguida de um encontro ministerial", adiantou, em comunicado, a UA.

Os encontros irão avaliar o progresso nos compromissos da cimeira de 2017, que decorreu em Abidjan, na Costa do Marfim, e focar-se nas prioridades comuns em áreas como a paz e segurança, comércio e investimento, clima e promoção conjunta do multilateralismo e do reforço institucional, prossegue o documento.

A nova presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, visitou a Etiópia durante o fim de semana na primeira visita oficial fora da União Europeia (UE).

"Espero que a minha presença na União Africana envie uma forte mensagem política, porque o continente africano e a UA contam para a UE e para a Comissão Europeia", declarou Von der Leyen, depois do encontro com o presidente da Comissão da UA.

Moussa Faki Mahamat manifestou, por seu lado, apoio à nova comissão, sublinhando que a escolha da sede da UA para a primeira visita da nova presidente "ilustra a importância do continente na parceria estratégica".

Durante o encontro, os dois responsáveis debateram as estratégias contra o terrorismo, abordaram as alterações climáticas e os seus efeitos e discutiram formas efectivas de mobilizar investimentos e alargar o comércio entre os dois continentes.

Sublinharam ainda a importância de desenhar conjuntamente o próximo capítulo da parceria entre a Europa e África, mantendo canais de diálogo abertos entre a UA e a UE.

O actual Acordo de Parceria África, Caraíbas e Pacífico-União Europeia, que enquadra as relações entre os dois blocos, foi assinado em 23 de Junho de 2000 em Cotonou, no Benim, por um período de 20 anos e expira em Fevereiro de 2020, e a UE já fez saber que quer dar "mais ênfase" à parceria entre os continentes.

A primeira cimeira entre os dois blocos ocorreu, em 2000, durante a presidência portuguesa do Conselho da União Europeia.

Assuntos Cooperação  

Leia também
  • 05/12/2019 17:34:30

    Suspenso projecto incompatível com enriquecimento de urânio

    Moscovo - A empresa estatal de combustível nuclear da Rússia, TVEL, indicou hoje que suspendeu um projecto de investigação com o Irão, incompatível com a decisão do governo local de retomar o enriquecimento de urânio.

  • 03/12/2019 18:36:10

    Macron mantém posição que a NATO está em "morte cerebral"

    Paris - O presidente francês, Emmanuel Macron, disse hoje, em Londres, que mantém a declaração que fez sobre a NATO, numa entrevista em Novembro, em que afirmou que a organização está em "morte cerebral".

  • 27/11/2019 19:57:29

    México pede aos EUA cooperação e não intervencionismo

    Cidade do México - O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, pediu aos Estados Unidos "cooperação, sim; intervencionismo, não", após o seu homólogo americano, Donald Trump, anunciar o seu objectivo de catalogar os cartéis do narcotráfico que agem no México como "grupos terroristas".