Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

15 Maio de 2019 | 06h19 - Actualizado em 15 Maio de 2019 | 06h18

Estados Unidos culpam Irão por ataques a petroleiros

Washington - Os Estados Unidos acreditam que o ataque contra petroleiros nos Emirados Árabes Unidos pode ter sido realizado por elementos simpatizantes ou a trabalhar para Teerão, em vez das próprias forças iranianas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Washington diz não ter provas concretas sobre quem sabotou os navios, mas responderá em caso de ataque.

"Se formos atacados, responderemos com força militar. Nós não estamos a procurar qualquer conflito com o regime iraniano. Vai ser o regime a decidir, e achamos que será muito melhor se os advertimos contra erros de cálculo. Nós queremos dissuadir, a Presidência deixou isso bem claro, então, estamos focados na diplomacia," declarou o Representante Especial dos EUA para o Irão, Brian Hook.

Do lado iraniano, a resposta é que já previam este tipo de acção para aumentar a tensão.

Nós (numa reunião com o chefe da diplomacia da Índia) discutimos assuntos regionais. Também falámos sobre as políticas que os radicais na administração dos EUA e na região estão a tentar impor. Manifestámos preocupações sobre as actividades suspeitas e de sabotagem na nossa região. Já tínhamos previsto que eles realizariam esse tipo de acção para aumentar a tensão," declarou o ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão, Mohammad Javad Zarif.

Esta terça feira, a Arábia Saudita disse que drones com armamento tinham atingido duas estações de bombeamento de petróleo no reino.

Assuntos Internacional  

Leia também