Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

15 Maio de 2019 | 12h28 - Actualizado em 15 Maio de 2019 | 12h36

Presidente chinês nega choque de civilizações apesar da tensão com EUA

Pequim - O presidente chinês Xi Jinping negou a existência de um "choque de civilizações" pela tensão entre o seu país e os Estados Unidos, em particular pela guerra comercial, noticiou à AFP.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente da China, Xi Jinping (arquivo)

Foto: Pedro Parente

"Pensar que a sua própria raça e a sua própria cultura são superiores e insistir em transformar ou inclusive substituir outras civilizações é estúpido (...) e desastroso na prática", afirmou Xi Jinping na abertura de uma conferência sobre o diálogo das civilizações asiáticas em Pequim.

"Não há choque de civilizações diferentes, basta observar para apreciar a beleza de todas as civilizações", completou, sem mencionar os Estados Unidos.

As palavras de Xi são uma resposta às declarações no mês passado de uma alta funcionária do Departamento de Estado americano, Kiron Skinner, que afirmou que a rivalidade com a China é "um combate contra uma civilização realmente diferente e uma ideologia diferente".

Esta é a primeira vez que os Estados Unidos enfrentam "um grande rival que não é de raça branca", completou a funcionária num fórum sobre questões de segurança.

Na semana passada os negociadores americanos e chineses não conseguiram

chegar a um acordo comercial. Pequim anunciou represálias ao aumento das tarifas americanas imposto pelo governo de Donald Trump a 10 de Maio.

Assuntos China  

Leia também
  • 14/05/2019 12:19:37

    China envia 71 toneladas de assistência humanitária à Venezuela

    Caracas - Um segundo avião com remédios e suprimentos médicos da China chegou à Venezuela nesta segunda-feira como parte dos acordos de cooperação "técnicos humanitários" firmados entre o governo de Nicolás Maduro e o país asiático, noticiou a AFP.

  • 05/11/2018 13:09:44

    China defende cooperação com Irão e critica sanções de Trump

    Beijing - O Governo da China lamentou hoje, segunda-feira, as novas sanções impostas pelos Estados Unidos ao Irão e defendeu a cooperação com esse país em virtude do acordo internacional assinado em 2015 com Teerão, conhecido como Plano Integral de Acção Conjunta (JCPOA, por sua sigla em inglês), informou a EFE.

  • 05/11/2018 10:27:02

    Presidente chinês promete abrir a China aos produtos estrangeiros

    Beijing - O Presidente chinês, Xi Jinping, prometeu hoje (5) abrir a China aos produtos estrangeiros, no arranque de uma feira que promove o país como importador, mas não respondeu às queixas sobre transferência forçada de tecnologia e obstáculos ao investimento externo.