Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

17 Maio de 2019 | 16h30 - Actualizado em 17 Maio de 2019 | 20h36

Ex-presidente da Colômbia pede maior cooperação com os Objectivos Globais da ONU

Nursultan - O ex-presidente da Colômbia e Nobel da Paz, Juan Manuel Santos, apelou nesta sexta-feira aos países a cooperarem com os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, durante um discurso proferido no 12º Fórum Económico de Astana, no Cazaquistão.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira da ONU

Foto: Foto divulgação

Manaul Santos referia-se as 17 metas globais estabelecidas em 2015 por líderes de 193 países durante uma cúpula em Nova Iorque, Estados Unidos da América.

"Hoje é extremamente importante que todos os países do mundo cooperem na materialização dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável. E é importante que os políticos assumam a liderança nesta questão", disse Santos durante o fórum, realizado na capital do cazaquistão, Nursultan.

O ex-presidente colombiano insistiu que estes esforços devem ser liderados pelos máximos representantes de cada país, que devem exigir dos funcionários e das instituições o cumprimento das metas estipuladas.

"Na Colômbia, criamos um grupo ministerial dedicado ao acompanhamento do trabalho para se atingir os ODS. A Colômbia foi o primeiro país a consagrá-los no seu sistema legal", referiu.

Santos, que recebeu o prêmio Nobel da Paz em 2016 dedido ao acordo de paz entre o governo colombiano e a guerrilha das Farc, disse que nos últimos anos foi observado um "progresso notório" relacionado aos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável, embora tenha classificado o mesmo de "insuficiente".

Os ODS, que almejam assegurar acções contra a pobreza, para protecção do planeta e para garantir que todas as pessoas tenham paz e prosperidade num prazo de 15 anos (até 2030), foram adoptados para dar continuidade à agenda da ONU após os Objectivos de Desenvolvimento do Milênio estipulados em 2000.

Assuntos Cooperação  

Leia também