Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

22 Maio de 2019 | 18h35 - Actualizado em 22 Maio de 2019 | 20h13

Maduro coloca tropas em alerta para conter eventual agressão dos EUA

Caracas - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ordenou que as unidades militares venezuelanas permaneçam em alerta para defender o país de qualquer tentativa de agressão por parte dos Estados Unidos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro (Foto arquivo)

Foto: Alberto Salazar

"Ordenei que todas as Unidades Militares estivessem alertas e preparadas para defender a paz e impossibilitar que o império americano tentasse qualquer aventura contra nossa Pátria. Nossa Vitória será a Paz!", publicou o chefe de Estado em seu Twitter, citado pela agência internacional de notícias Sputnik.

Nesta quarta-feira, o conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, John Bolton, disse que a única solução para a crise na Venezuela seria a saída do presidente Nicolás Maduro.

Em 17 de Maio, o presidente pediu aos membros das Forças Armadas Nacionais Bolivarianas que mantivessem a vigilância para evitar conspirações, diante das provocações dos Estados Unidos.

O governo venezuelano reiterou em diversas ocasiões que o governo dos EUA mantém um bloqueio económico que impede a compra de medicamentos e alimentos, além de promover um golpe de Estado no país sul-americano.

Assuntos Venezuela  

Leia também
  • 22/05/2019 13:00:01

    Pessoas que fogem da Venezuela necessitam de protecção internacional para refugiados

    Nações Unidas - A Agência da ONU para os Refugiados (ACNUR) considera que a maioria dos que fogem da Venezuela precisa de protecção internacional para refugiados, dado o agravamento da situação política, económica, humanitária e de direitos humanos naquele país, em que mais de 3,6 milhões já se deslocaram, cita o site das Nações Unidas.

  • 22/05/2019 11:54:01

    Maduro ordena captura de qualquer 'traidor' na Força Armada

    Caracas - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ordenou nesta terça-feira à Força Armada que capture os "traidores", após a fracassada revolta militar liderada pelo opositor Juan Guaidó, noticiou a AFP.

  • 21/05/2019 13:16:38

    Embaixador da Venezuela na Itália renuncia ao cargo

    Roma - O embaixador da Venezuela na Itália, Isaías Rodríguez, renunciou ao cargo numa carta enviada ao presidente Nicolás Maduro e divulgada pelas redes sociais, na qual afirma que se afasta "sem rancores e sem dinheiro", noticiou nesta terça-feira a AFP.