Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

28 Junho de 2019 | 11h32 - Actualizado em 28 Junho de 2019 | 11h40

Trump reúne-se com Bolsonaro e promete visitar o Brasil em breve

Osaka (Japão) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, teve um encontro nesta sexta-feira com Jair Bolsonaro, onde elogiou o mandatário e prometeu em breve visitar o Brasil, noticiou a EFE.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Arte das Fotos dos Presidentes dos EUA, Donald Trump (à esq) e do Brasil, Jair Bolsonaro

Foto: Divulgação

Os dois líderes "renovaram o seu compromisso de apoiar o povo venezuelano nos seus esforços para recuperar a sua democracia e liberdade", indicou a Casa Branca num comunicado após a reunião entre os presidentes durante a cimeira do G20 na cidade de Osaka, no Japão.

O encontro de hoje foi o segundo entre Bolsonaro e Trump, que já mostraram a sua sintonia no mês de março, na Casa Branca.

"(Bolsonaro) é um homem muito especial, ele está a ir muito bem, o povo do Brasil o ama muito", afirmou Trump.

"Iremos ao Brasil", acrescentou o líder, que desde que chegou ao poder em 2017 só visitou um país da América do Sul, a Argentina, e agora disse ter "vontade" de viajar para o país de Bolsonaro.

Donald Trump disse que os laços com o Brasil estão "mais próximos do que nunca" e atribuiu em parte a vitória eleitoral de Bolsonaro no ano passado.

Por sua parte, o presidente brasileiro lembrou que admira Trump "há muito tempo, inclusive antes" do seu triunfo eleitoral em 2016, e acrescentou: "Apoio a Trump, apoio aos Estados Unidos, apoio a sua reeleição".

O encontro entre os dois líderes aconteceu num momento-chave da guerra comercial entre EUA e China, um dia antes de Trump reunir-se com o presidente chinês, Xi Jinping.

A China é o principal destino das exportações do Brasil e Bolsonaro também planeou reunir-se com Xi, em Osaka, para resolver um possível mal-estar gerado em Pequim pela aliança entre Trump e o presidente.

Talvez pensando no encontro de Bolsonaro com Xi, Trump o alertou sobre "os riscos associados às atividades da China no continente americano", segundo a Casa Branca.

Eles também conversaram sobre como fortalecer o comércio bilateral, e Trump reiterou o seu apoio à campanha do Brasil para se juntar à Organização para Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), considerado o clube dos países ricos.

Trump também pediu paciência ao falar da crise política na Venezuela, ao assegurar que esse tipo de transição "leva tempo".

"As coisas levam tempo, estamos do lado do povo da Venezuela", disse.

O presidente se referiu à estagnação da estratégia dos EUA na Venezuela, onde Trump reconheceu o líder da oposição Juan Guaidó como presidente legítimo há cinco meses, mas não conseguiu tirar Nicolás Maduro do poder.

Nas últimas semanas, a Casa Branca moderou seu discurso contra Maduro, mas fontes oficiais consultadas pela Agência Efe asseguram que os esforços para pressionar o Chavismo continuam, mesmo que não sejam tornados públicos.

O republicano também conversou sobre a Venezuela durante reunião com o presidente russo, Vladimir Putin, que apoia Maduro; mas a Casa Branca não forneceu detalhes sobre esse diálogo.

Assuntos Reunião  

Leia também
  • 28/06/2019 11:23:01

    Trump espera reunião "produtiva" com o presidente chinês Xi Jinping

    Osaka, Japão - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta sexta-feira que espera uma reunião "produtiva" com o colega chinês, Xi Jinping, à margem do G20 em Osaka, noticiou a AFP.

  • 27/06/2019 16:30:25

    Trump chega a Osaka para a reunião do G20

    Osaka - O presidente Donald Trump desembarcou nesta quinta-feira em Osaka (Japão) para participar na reunião de cúpula do G20, agendado para sexta-feira e sábado, que deve ser marcada por momentos de tensão após as críticas do chefe de estado americano aos sócios comerciais.

  • 27/06/2019 10:53:20

    Putin confirma reunião com Trump, à margem da cimeira do G20

    Moscovo - Os presidentes dos EUA, Donald Trump, e da Rússia, Vladimir Putin, reunir-se-ão na sexta-feira, à margem da cimeira do G20, para discutir, entre outros temas, o programa nuclear iraniano e a desnuclearização da península coreana, confirmou hoje o Kremlin citado pela Lusa.