Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

01 Julho de 2019 | 08h34 - Actualizado em 01 Julho de 2019 | 09h53

Parlamento venezuelano pede investigação internacional a morte de militar

Caracas - O Parlamento da Venezuela vai pedir à Organização das Nações Unidas (ONU) e ao Tribunal Penal Internacional uma investigação à morte de um militar que estava sob custódia do Governo e a ser investigado por suspeita de conspiração, noticiou hoje Lusa.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mapa da Venezuela

Foto: Divulgação

O parlamento vai pedir uma equipa forense internacional e independente que determine as causas de morte do capitão Rafael Arévalo, ocorrida no sábado, e apela à ONU é àquele tribunal internacional que exijam prova de vida aos presos políticos venezuelanos.

Apela ainda para que as organizações internacionais façam uma investigação imparcial aos alegados casos de tortura e desaparecimentos dentro das Forças Armadas.

De acordo com a imprensa venezuelana, Rafael Arévalo foi detido no passado dia 21 de Junho por elementos da Direcção-Geral de Estratégia Militar sem que tenham sido referidos os motivos.

A oposição do presidente Nicolás Maduro considera que o militar foi torturado até à morte.

Assuntos Venezuela  

Leia também