Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

14 Agosto de 2019 | 15h09 - Actualizado em 14 Agosto de 2019 | 15h09

Guaidó nomeia presidente da petroleira venezuelana Citgo nos EUA

Caracas - O opositor Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino da Venezuela por mais de 50 países, designou nesta terça-feira o presidente da Citgo, filial da petroleira estatal PDVSA nos Estados Unidos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Guaidó, chefe do Parlamento a quem Washington concedeu o controlo dos activos da Citgo, nomeou Carlos Jordá, um engenheiro que trabalhou vários anos na PDVSA, segundo jornalistas.

A empresa opera desde 13 de Fevereiro com uma directoria nomeada pelo líder opositor.

"Fizemos a designação do presidente do conselho de administração da Citgo para salvaguardar e proteger este activo, para colocá-lo a serviço da Venezuela, além de implementar as auditorias correspondentes sobre 20 anos de manejo desta indústria" por parte de Hugo Chave, disse Guaidó durante sessão do Parlamento.

Os Estados Unidos lideram a ofensiva internacional para sufocar o governo do presidente socialista, Nicolás Maduro, e forçar a sua saída com sanções económicas que incluem um embargo petroleiro e o bloqueio das contas da Citgo para entregá-las a Guaidó.

No dia 5 de Agosto, o presidente americano, Donald Trump, adoptou um bloqueio de todos os activos da Venezuela nos Estados Unidos e ameaçou com sanções qualquer empresa que negocie com o governo socialista venezuelano.

Em 30 de Julho, um tribunal americano decidiu que a mineradora canadense Crystallex poderia confiscar acções da Citgo para indemnizar a estatização em 2011 de uma mina na Venezuela da qual a empresa era concessionária.

Assuntos Economia   Venezuela  

Leia também
  • 14/08/2019 09:39:10

    Número de presos políticos na Venezuela diminui para 528

    Caracas - O número de presos políticos na Venezuela diminuiu de 550 para 528 nas duas últimas semanas, segundo os dados mais recentes registados pela organização não-governamental Fórum Penal Venezuelano (FPV), citados pela Lusa.

  • 14/08/2019 08:51:56

    CBS e Viacom fazem fusão para criar grupo mundial de cinema e televisão

    Washington - Os grupos norte-americanos CBS e Viacom anunciaram hoje uma fusão para criar um dos primeiros grupos mundiais de cinema e de televisão com um volume de negócios de 28 mil milhões de dólares, segundo um comunicado conjunto, citado pela Lusa.

  • 13/08/2019 16:24:15

    Argentino aprova empréstimo de USD 500 milhões do BM

    Buenos Aires - O governo da Argentina aprovou nesta terça-feira (13) o contrato de empréstimo de 500 milhões de dólares que o Banco Mundial (BM) autorizou em Julho último e que será assinado nos próximos dias, com o objectivo de financiar políticas de desenvolvimento da inclusão social no país.