Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

16 Agosto de 2019 | 02h24 - Actualizado em 16 Agosto de 2019 | 10h35

Trump está "preocupado" com possível violência em Hong Kong

Washington - O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira (15) que está preocupado com o risco de uma repressão violenta aos protestos em Hong Kong, e revelou que planeia conversar "em breve" com o líder chinês, Xi Jinping.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump (Foto arquivo)

Foto: Pedro Parente

"Estou preocupado", respondeu Trump sobre a possibilidade de uma repressão violenta, no momento em que a China reúne policiais em Shenzhen, cidade vizinha a Hong Kong.

"Gostaria verdadeiramente de ver a China resolver de uma forma humana o problema em Hong Kong", disse Trump após os protestos que paralisaram esta semana o Aeroporto Internacional e que foram qualificados por Pequim como atitudes "terroristas".

Mais cedo, Trump pediu a Xi que receba os ativistas que promovem os protestos, que - segundo ele - reflectem "preocupações amplas e legítimas" da população pela perda da autonomia acertada entre Londres e Pequim na entrega desta antiga colônia britânica à China, em 1997.

Assuntos Internacional  

Leia também
  • 16/08/2019 06:01:16

    Inglaterra: Gibraltar ignora EUA e autoriza petroleiro iraniano a zarpar

    Londres - Gibraltar autorizou um petroleiro iraniano detido no início de julho a zarpar, apesar de uma solicitação de última hora dos Estados Unidos para prorrogar a imobilização do barco.

  • 16/08/2019 05:45:14

    Homem-Aranha francês coloca bandeira da paz em prédio de Hong Kong

    Hong Kong - O Homem-Aranha francês Alain Robert escalou na manhã desta sexta-feira um prédio de Hong Kong para colocar uma "bandeira da paz", no momento em que esta antiga colônia britânica enfrenta protestos quase diários por mais democracia.

  • 16/08/2019 03:35:38

    China não ficará de "braços cruzados" em Hong Kong

    Londres - A China, que concentrou tropas na fronteira com Hong Kong, advertiu nesta quinta-feira (15) que não ficará "de braços cruzados" se o protesto pró-democracia se degradar no território semiautónomo, causando "preocupação" de Donald Trump pelo risco de uma repressão violenta.

  • 16/08/2019 03:26:19

    Argentina: Presidente elimina imposto sobre alimentos antes das eleições

    Buenos Aires - O presidente liberal argentino, Mauricio Macri, reforçou nesta quinta-feira seu pacote de medidas de alívio diante da esperada disparada da inflação, eliminando o imposto sobre vendas (IVA) dos alimentos básicos, a dois meses e meio do pleito no qual buscará sua reeleição.