Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

20 Agosto de 2019 | 05h31 - Actualizado em 20 Agosto de 2019 | 15h42

Paquistão acusa Índia de usar água como arma em disputa

Islamabad - O governo do Paquistão acusou a Índia nesta segunda-feira (19) de empreender uma "guerra de quinta geração", dizendo que Nova Déli não comunicou a libertação da água de uma represa, que pode causar inundação na fronteira.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mapa do Paquistão

Foto: Divulgação

As relações entre os vizinhos, já hostis, se deterioraram profundamente após a decisão indiana deste mês de revogar o status especial de sua parte na região da Caxemira, que os dois países reivindicam.

 O Paquistão reagiu com fúria, cortando os laços de transporte e comércio e expulsando o embaixador da Índia em retaliação.

O governo paquistanês disse que a liberação inesperada de água no rio Sutlej, que flui da Índia ao Paquistão, foi parte de uma tentativa da Índia de desdenhar um tratado bilateral de longa data.

Uma autoridade do governo indiano a par do assunto disse que a liberação de água é um "exercício de rotina" durante a temporada de monções e que o tratado bilateral não exige que se comunique o volume em questão.

Assuntos Diplomacia  

Leia também