Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

10 Outubro de 2019 | 18h55 - Actualizado em 11 Outubro de 2019 | 09h41

Macron adverte que Turquia poderá ajudar na reconstrução do EI

Paris - O presidente da França, Emmanuel Macron, condenou nesta quinta-feira a ofensiva militar da Turquia na Síria, que, segundo a sua opinião, corre o risco de ajudar o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) a reconstruir o seu domínio territorial naquele país

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Emmanuel Macron, Presidente de França (arquivo)

Foto: Divulgação

"A Turquia está esquecendo que a prioridade internacional na Síria é a luta contra o Estado Islâmico e contra o terrorismo", disse Macron, durante entrevista colectiva, em Lyon, onde participou de uma conferência internacional de arrecadação de fundos contra a Sida, tuberculose e malária.

Para o mandatário francês, a ofensiva militar lançada pelo presidente turco Recep Tayyip Erdogan está fazer com que "milhões de pessoas corram risco humanitário", assim como também em "ajudar o Estado Islâmico a reconstruir seu o califado".

E essa é uma responsabilidade que a "Turquia assume sozinha diante da comunidade internacional". Devido a  isso, Emmanuel Macron pediu ao governo turco que interrompa a ofensiva militar no norte da Síria "o mais em breve possível".

Assuntos Apelo  

Leia também
  • 26/08/2019 16:06:29

    SG da ONU pede maior mobilização internacional pela Amazônia

    Biarritz - O secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu hoje durante a cúpula do G7 em Biarritz, França, a mobilização da comunidade internacional para preservar a Amazônia, onde os incêndios florestais continuam a multiplicar.

  • 27/06/2019 15:57:07

    Papa denuncia falta de vontade social e política para erradicar a fome

    Cidade do Vaticano - O papa Francisco denunciou hoje que a falta de alimento e de água para milhões de pessoas é resultado da falta de compaixão, e da pouca vontade social e política, durante o discurso aos participantes da 41ª Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

  • 26/06/2019 18:20:24

    Assassinato de Khashoggi aumenta pressão sobre Arábia Saudita

    Genebra - A pressão sobre a Arábia Saudita aumentou com a apresentação nesta quarta-feira no Conselho de Direitos Humanos da ONU (UNHRC) das conclusões de uma investigação preliminar sobre o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, que revela a responsabilidade dos mais altos funcionários da hierarquia do governo saudita.