Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

16 Outubro de 2019 | 10h18 - Actualizado em 16 Outubro de 2019 | 10h18

EUA dizem querer continuar a cooperar com os curdos

Washington - Os EUA querem continuar a cooperar com os combatentes curdos das Forças Democráticas Sírias (FDS) na luta contra o grupo que se designa por Estado Islâmico, assegurou terça-feira um dirigente do Pentágono, citado pela Lusa.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

"Queremos ver que género de apoio podemos continuar a dar às FDS, mesmo que já estejamos presentes no norte" da Síria, afirmou a jornalistas este dirigente, sob anonimato.

Perante a operação militar turca na Síria, os EUA anunciaram a retirada de um milhar de militares norte-americanos destacados no nordeste da Síria, mas decidiram manter a presença em Al-Tanf, na fronteira jordano-síria, onde mantêm cerca de 150 efectivos.

"Vamos manter esta posição em Al-Tanf, que nos permite manter provavelmente esta missão no sul", acrescentou.

"As FDS têm sido um parceiro importante. Penso que adiantaram a sua vontade de continuar o combate" contra aquele grupo, designado Daesh na sigla em árabe. "Penso que vai haver conversações sobre a forma de os continuar a apoiar na Síria", prosseguiu.

Interrogado sobre a confiança comprometida dos combatentes curdos nos EUA, que acabam de os abandonar à Turquia, este alto responsável considerou que as ligações com os militares norte-americanos continuavam fortes o suficiente para permitir continuar a cooperação.

"Continuamos a discutir (com os curdos) a um nível muito elevado. Eles têm relações muito fortes com os militares norte-americanos", insistiu. "Penso que podemos preservar esta relação", concluiu.

Assuntos Diplomacia  

Leia também
  • 16/10/2019 09:30:51

    Erdogan rejeita proposta dos EUA de declarar cessar-fogo

    Ancara - O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, rejeitou terça-feia de forma categórica uma proposta dos EUA de declaração de um cessar-fogo no norte da Síria, em declarações ao jornal Hurriyet, citado pela Lusa.

  • 15/10/2019 12:41:36

    União Europeia acredita na possibilidade de acordo sobre o Brexit esta semana

    Luxemburgo - O negociador da União Europeia (UE), Michel Barnier, afirmou que é possível alcançar um acordo com Londres esta semana para conseguir uma saída amistosa do Reino Unido do bloco, mas advertiu que para isto é necessário continuar negociando, noticiou hoje a AFP.

  • 13/10/2019 17:47:39

    Moscovo e Riad trabalham juntos para estabilizar mercado petrolifero

    Moscovo - A Rússia vai trabalhar com a Arábia Saudita para repelir qualquer "tentativa de desestabilizar" o mercado petrolifero - anunciou o presidente russo, Vladimir Putin, em uma entrevista com várias emissoras de televisão em árabe, transmitida neste domingo (13), um dia antes de sua visita ao reino.