Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

31 Outubro de 2019 | 15h07 - Actualizado em 31 Outubro de 2019 | 19h47

Navio da 2ª Guerra Mundial encontrado em naufrágio "mais profundo do mundo"

Manila - Equipa de pesquisadores descobriu restos de navio da Segunda Guerra Mundial, possivelmente o USS Johnston DD-557, a 6.200 metros de profundidade no mar das Filipinas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Embora a equipa, que seguia a bordo do navio de investigação RV Petrel, ainda não tenha determinado a identidade exacta do navio, análises históricas e alguns restos da embarcação indicam que seja o navio USS Johnston DD-557, naufragado no mar das Filipinas em 25 de Outubro de 1944, durante a Batalha do Golfo de Leyte, travada entre os Estados Unidos e o Japão na Segunda Guerra Mundial.

"Acreditamos que seja o USS Johnston DD-557 [...]. Não existe nenhuma evidência da pintura de casco do USS Hoel [outro navio que naufragou na região]. A sua localização sugere que o naufrágio se deu na batalha após a perda do Hoel", disse Robert Kraft, um dos directores da Allen's Vulcan Inc., empresa dona do Petrel.

Encontrado a 6.220 metros de profundidade, acredita-se que o achado seja o naufrágio de maior profundidade da história até o momento.

De acordo com o portal GeekWire, a tripulação do Petrel, uma embarcação com cerca de 75 metros, já encontrou mais de 30 navios de guerra no fundo do mar, entre eles o USS Indianapolis, o USS Lexington, o USS Juneau, o USS Helena e o USS Hornet.

Entre 23 e 26 de Outubro de 1944, o mar das Filipinas foi palco da maior batalha naval da história contemporânea.

O enfrentamento entre a Marinha Americana e a Marinha Imperial Japonesa foi decisivo para o fim do conflito mundial no Pacífico, visto que a partir da batalha as forças navais japonesas perderam todas as condições necessárias para mudar o curso da guerra.

Conforme informou o portal Fatos Curiosos, os EUA contaram com centenas de navios, incluindo dezenas de porta-aviões, desde embarcações de escolta até as de maior porte, durante a batalha. 

Por sua vez, o Japão contou com apenas quatro porta-aviões e cerca de 60 outros navios de médio e grande porte.

Assuntos Naufrágio  

Leia também
  • 14/10/2019 13:44:55

    Sánchez diz que sentenças confirmam naufrágio do independentismo catalão

    Madrid - O presidente do governo espanhol em funções, Pedro Sánchez, considera que as sentenças do Tribunal Supremo sobre a tentativa de proclamação da independência da Catalunha confirmam o ?naufrágio? e o ?fracasso? do projecto independentista, segundo a Lusa.

  • 27/09/2019 18:16:50

    Pelo menos sete mortos em naufrágio no Mar Egeu

    Atenas - Pelo menos sete pessoas, um bebé, quatro crianças e duas mulheres, morreram hoje depois de uma embarcação que transportava migrantes afundar-se no Mar Egeu, anunciou a guarda costeira grega num novo balanço.

  • 25/09/2019 11:08:31

    Sete pessoas morreram afogadas após barco-dragão ter virado

    Boracay - Sete pessoas morreram hoje por afogamento após o barco-dragão onde remavam ter virado devido à forte ondulação na famosa ilha de Boracay, indicaram as autoridades filipinas, noticiou a Lusa.