Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

10 Janeiro de 2020 | 12h41 - Actualizado em 10 Janeiro de 2020 | 12h41

Teerão nega que avião tenha sido atingido por míssil

Teerão - A Autoridade da Aviação Civil do Irão disse hoje ter a “certeza” que o Boeing ucraniano que se despenhou em Teerão na quarta-feira “não foi atingido por um míssil”, noticiou a Lusa.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

“Uma coisa é certa, esse avião não foi atingido por um míssil”, disse o presidente da Autoridade da Aviação Civil do Irão, Ali Abedzadeh, numa conferência de imprensa na capital iraniana.

Por outro lado, o governo da República Islâmica urgiu os Estados Unidos e o Canadá a partilharem informação sobre a queda do aparelho das linhas aéreas ucranianas provocando a morte de 176 ocupantes, a maior parte de origem iraniana e canadiana.

Líderes ocidentais afirmaram na quinta-feira que o avião pode ter sido atingido de forma inadvertida por um míssil terra-ar poucas horas depois do bombardeamento iraniano contra bases militares no Iraque.

Assuntos Acidentes  

Leia também
  • 10/01/2020 12:02:35

    EUA vai participar na investigação de queda de avião no Irão

    Washington - A agência encarregada da segurança dos transportes nos Estados Unidos - National Transportation Safety Board (NTSB) - vai participar na investigação sobre as causas da queda, na quarta-feira, de um Boeing ucraniano na região de Teerão, no Irão, anunciou a AFP.

  • 10/01/2020 11:56:18

    Funcionários da Boeing conheciam falhas nos simuladores do 737-MAX

    Washington - A Boeing disponibilizou ao Congresso dos Estados Unidos mensagens de texto em que os seus funcionários descredibilizam o processo de certificação do modelo 737 MAX e denigrem o regulador de aviação norte-americano, noticiou nesta sexta-feira a Lusa.

  • 09/01/2020 12:34:25

    Avião estava em chamas e teve falha técnica antes de cair no Irão, diz órgão oficial

    Teerão - O Boeing 737 da Ukraine International Airlines pegou fogo antes da queda quarta-feira, seis minutos após decolar do Aeroporto Internacional de Teerão com destino a Kiev, matando as 176 pessoas a bordo. As novas informações foram reveladas hoje em um comunicado da Aviação Civil iraniana, segundo noticiou a RFI.