Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

10 Janeiro de 2020 | 12h04 - Actualizado em 10 Janeiro de 2020 | 14h56

Trinta detidos após disputa de terras que fez oito mortos no Vietname

Ho Chi Minh, Vietname - A Polícia vietnamita deteve 30 pessoas envolvidas em confrontos, na quinta-feira, nos arredores de Hanói, que resultaram na morte de três polícias e de cinco civis, foi hoje noticiado pela Lusa.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mapa do Vietname

Foto: Divulgação

Os tumultos, com origem numa disputa de terras, tiveram lugar em Dong Tam, a 40 quilómetros ao sul da capital vietnamita, indicou o chefe da polícia de investigação criminal de Hanói, Nguyen Binh, citado pelos meios de comunicação vietnamitas.

Entre os detidos contam-se os activistas Trinh Ba Phuong e Bui Thi Minh Hang, que não participaram nos confrontos, mas que transmitiram o incidente nas redes sociais, acrescentou a agência de notícias EFE.

Os confrontos de quinta-feira são o mais recente episódio do longo conflito de terras entre os habitantes de Dong Tam e a Viettel, a empresa de telecomunicações mais poderosa do país e propriedade do exército.

Segundo a imprensa local, os manifestantes afirmaram que não foram devidamente informados pelas autoridades sobre a expropriação e que as terras reclamadas pela Viettel eram utilizadas como terras agrícolas há várias gerações de agricultores.

Em Abril de 2017, dezenas de moradores da mesma aldeia revoltaram-se e tomaram 38 polícias como reféns durante vários dias em protesto contra a expropriação de terras a favor da empresa.

Assuntos Conflito  

Leia também